12 voluntários de organização médica cristã morrem em acidente de ônibus, na Bolívia

Médicos e outros profissionais de saúde faziam viagem para ajuda humanitária a locais carentes.

fonte: Guiame, com informações do Evangelical Focus

Atualizado: Quarta-feira, 7 Agosto de 2019 as 2:36

Última foto feita com parte dos jovens médicos voluntários antes de seguir viagem para a cidade de Apolo interrompida por acidente. (Foto: Reprodução/Página Siete)
Última foto feita com parte dos jovens médicos voluntários antes de seguir viagem para a cidade de Apolo interrompida por acidente. (Foto: Reprodução/Página Siete)

Doze voluntários da organização médica cristã MedFund morrem em acidente de ônibus quando se dirigiam para participou de uma viagem humanitária.

O ônibus viajava entre as cidades de La Paz e Apolo, na Bolívia, quando sofreu um trágico acidente no domingo (04), provocando a morte de 15 pessoas depois que o veículo saiu da estrada e desceu um terreno íngreme. Outras 21 pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais.

Autoridades na cidade de El Alto disseram que a polícia estava investigando o grave incidente. De acordo com alguns relatos de jornais locais, o motorista do ônibus é suspeito de ter ultrapassado os limites de velocidade.

Entre os passageiros estava uma delegação de 22 médicos que participavam de uma viagem humanitária organizada pela organização cristã MedFund. 12 desses voluntários morreram no acidente, e todos eles eram bolivianos. Três outros passageiros do ônibus também perderam suas vidas.

A equipe do MedFund planejou iniciar uma campanha de saúde gratuita nas cidades de Siphia, Azarinas, Curiza e Piedra Blanca, onde a equipe atuaria.

Amigos e irmãos de fé

“Antes de partir, nós confiamos a Deus para chegar bem ao nosso destino”, diz Pamela Ramos, uma dentista voluntária de 26 anos que sobreviveu ao acidente. “Eles eram meus amigos, eles eram meus parceiros. Nós éramos uma família”, disse.

Ao contrário das viagens anteriores, os jovens voluntários da organização Medfund quebraram a rotina que tinham de orar antes de entrar no ônibus, porque o motorista chegou atrasado. Então eles se confiaram a Deus quando já estavam dentro da frota. “Foi a última coisa que fizemos juntos antes de viajar, sempre confiamos ao Senhor para chegar bem ao nosso destino”, ela disse chorando.

A dentista suspira, enxuga as lágrimas e diz: “Eu fui uma das primeiras pessoas a sair do ônibus. Lembro-me que em uma curva a frota diminuiu e começou a tombar. Na primeira rodada, o vidro estourou. Consegui me salvar porque fui jogada do veículo.”

Antes do acidente, Pamela e sua amiga Cocola (Nicol, outra voluntária sobrevivente) decidiram aproveitar o sinal de internet em uma parte da estrada para uma videochamada a um amigo para perguntar a um amigo por que ele não se inscreveu para a viagem.

Quando ela ouviu como o vidro do ônibus começou a estourar, a jovem cobriu o rosto e foi lançada para fora do veículo, que começou a rolar. “Eu ouvi gritos. Então eu perdi a consciência”, disse a dentista.

Pamela se recupera no Hospital Agramont, na cidade de El Alto.

Condolências e orações

A ministra boliviana da Saúde, Gabriela Montaño, expressou suas condolências aos familiares. “Esse acidente de trânsito é terrível, 15 pessoas morreram, dentre as quais 12 foram identificadas como médicos de uma fundação. Equipes de resgate estão trabalhando na área. Esperamos não ter que lamentar a morte de outras pessoas”, disse ela.

O MedFund pertence ao ministério cristão Cup of Cold Water. Os voluntários envolvidos no acidente viajaram “para compartilhar o evangelho de Jesus Cristo através da proclamação e demonstração da Palavra de Deus para os pobres e desfavorecidos, trazendo serviços médicos”, disse Dan Hennenfent, diretor executivo da organização.

Dez dos voluntários estão se recuperando nos centros médicos da capital La Paz. Alguns deles estão “gravemente feridos e terão recuperações longas e difíceis”.

Os membros do MedFund na Bolívia chegaram ao local horas após o acidente e ajudaram nos trabalhos de resgate.

Hennefent pediu para orar “por cada membro da família e sobrevivente”, bem como por “toda pessoa de apoio e parceiro de ministério, e todo voluntário MedFund que não estava nesta viagem particular, mas que perdeu amigos e colaboradores para esta terrível tragédia”.

“Por enquanto, choramos com aqueles que choram. Graças a Deus! Ele nos dá a vitória através de nosso Senhor Jesus Cristo”, acrescentou, citando 1 Coríntios 15:55.

A entidade anunciou maneiras de contribuir para o atendimento médico dos feridos. A página do Facebook da MedFund Bolivia fornece detalhes para aqueles que gostariam de oferecer ajuda financeira.

veja também