Brasileiro prega para jovens em festival de música, na Polônia: “Eles receberam Jesus”

O rapper brasileiro Moah Buffalo pregou para milhares de jovens que fizeram parte do Woodstock Festival, realizado entre 3 e 5 de agosto na Polônia.

Fonte: GuiameAtualizado: quarta-feira, 9 de agosto de 2017 17:03
Moah Buffalo pregou para milhares de jovens que fizeram parte do Woodstock Festival. (Foto: Reprodução/Facebook)
Moah Buffalo pregou para milhares de jovens que fizeram parte do Woodstock Festival. (Foto: Reprodução/Facebook)

O rapper brasileiro Moah Buffalo pregou para milhares de jovens que fizeram parte do Woodstock Festival, realizado entre 3 e 5 de agosto na Polônia.

Como missionário da Steiger Brasil, o músico já tinha visitado o festival quando era aluno na Steiger Missions School. Na última semana, ele resolveu voltar ao evento e alcançar jovens para Jesus Cristo.

“Nunca vi tantas pessoas juntas em toda a minha vida, acredito que tenha passado de 1 milhão de pessoas”, disse ele em relato publicado nas redes sociais.

Na última noite do festival, Moah relata que encontrou uma garota pregando com um microfone e caixa de som e pediu para pregar também. “Eu disse à multidão que era uma mensagem especial, especialmente para quem está cansado das mentiras deste mundo, está cansado dessa pressão e a mensagem era a história de Jesus”, conta.

“Mas eu fiz isso no estilo punk, gritando como um louco na rua, quando menos percebi... Tinham muitas pessoas ouvindo e uma menina punk chorando muito”, o músico lembra. “No final, convidei quem queria receber a oração para ouvir mais. Alguns vieram e oramos para que recebam Jesus em suas vidas”.


Moah Buffalo pregou para milhares de jovens no Woodstock Festival. (Foto: Reprodução/Facebook)

A Steiger International inspira cristãos a usarem sua criatividade para levar o amor de Jesus pelo mundo, como no caso da banda Alegorica. Em maio deste ano, os músicos aproveitaram seu espaço em um festival de rock para levar a mensagem de Jesus Cristo ao público gótico na zona leste de São Paulo,

Segundo o vocalista Bruno Colisse, em certo momento do show no “Maldita Fest”, os músicos começaram a falar sobre o cuidado de Deus pela humanidade. “A galera ficou muito atenta”, ele lembra.

No final da apresentação, a banda fez uma performance sobre a morte e ressurreição de Jesus. “Não tinha som, então toda a banda parou de tocar, as luzes se apagaram, tudo ficou mudo e eu compartilhei face a face com as pessoas que Jesus se importa com elas. A galera ficou estonteada de termos essa atitude de falar de Jesus dessa maneira”, lembra.

“Eu desci do palco, troquei uma ideia com a galera e disse: se você quer conhecer essa revolução de Jesus, que é uma revolução que muda o coração, eu quero que você levante o seu punho para cima comigo”, Bruno conta, acrescentando que muitas pessoas fizeram esse gesto de fé.


O Woodstock Festival foi realizado entre 3 e 5 de agosto na Polônia. (Foto: Reprodução/Facebook)

Siga-nos

Mais do Guiame