Elon Musk diz concordar com os ensinamentos de Jesus: “Há grande sabedoria”

Ao participar de um podcast cristão, Elon Musk foi questionado se aceitaria Jesus como Salvador.

Fonte: Guiame, com informações do Christian PostAtualizado: quarta-feira, 5 de janeiro de 2022 17:18
Elon Musk em entrevista a um site conservador de sátira de notícias cristãs. (Foto: The Babylon Bee)
Elon Musk em entrevista a um site conservador de sátira de notícias cristãs. (Foto: The Babylon Bee)

O fundador da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, não é uma pessoa inclinada à religião. Mas ele compartilhou seus pensamentos sobre Jesus em entrevista recente ao The Babylon Bee, um site conservador de sátira de notícias cristãs.

Falando no podcast do The Babylon Bee, o famoso bilionário foi questionado por um dos entrevistadores se ele aceitaria Jesus Cristo como seu “Senhor e Salvador pessoal”. 

O diretor de criação da Babylon Bee, Ethan Nicolle, comentou que aquela seria a “pergunta final” porque sua empresa é uma organização cristã “e nós somos um ministério”. 

Musk evitou dar uma resposta diretamente afirmativa: “Vamos só dizer que eu concordo com os princípios que Jesus defendeu e que há grande sabedoria nos ensinamentos de Jesus e eu concordo com esses ensinamentos”.

“Coisas como dar a outra face são muito importantes, porque são contrárias ao olho por olho. O olho por olho deixa todo mundo cego”, afirmou Musk. “O perdão e tratar as pessoas como você deseja ser tratado, amar o próximo como a mim mesmo são muito importantes”.

“Então é 60%, 70% sim?”, questionou Nicolle.

Musk completou: “Como Einstein diria: 'Eu acredito no Deus de Spinoza'”, disse Musk, sugerindo que tem uma crença deísta — que crê na criação do universo por uma inteligência superior, mas não em um Deus pessoal, que se preocupa com o destino e as ações dos seres humanos.

Os apresentadores do Babylon Bee comemoraram a resposta de Musk quando o empresário encerrou seu comentário: “Mas, ei, se Jesus está salvando as pessoas, não vou atrapalhar o caminho Dele. Claro, vou ser salvo. Por que não?”

Musk, que nasceu na África do Sul, também disse que foi batizado quando era bebê e participou da comunhão na igreja. 

Em 2013, Musk foi questionado durante uma entrevista com o ator Rainn Wilson se ele cultuava algo. Ele disse que “realmente não cultuava nada”, mas se dedicava ao “avanço da humanidade usando a tecnologia”. Quando questionado se ele orava, Musk disse que não orou nem mesmo quando quase morreu de malária. 

Segundo o site The Christian Post, não está claro se as crenças de Musk mudaram ao longo do tempo.

Veja o trecho da entrevista (em inglês):

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições