Evangélico foi bombardeado junto com família que fugia da Ucrânia

Anatoly, de 26 anos, ajudava a mãe e os dois filhos a escaparem do bombardeio russo, quando foram atingidos.

Fonte: Guiame, com informações de Christianity TodayAtualizado: terça-feira, 8 de março de 2022 14:50
 Anatoly, de 26 anos, ajudava a mãe e os dois filhos a escaparem do bombardeio russo. (Foto: Baptist Union).
Anatoly, de 26 anos, ajudava a mãe e os dois filhos a escaparem do bombardeio russo. (Foto: Baptist Union).

Imagens de uma família, que fugia da Ucrânia em um corredor humanitário, sendo atingida por uma bomba russa chocaram o mundo. 

O ataque aconteceu na cidade de Irpin, na região da capital Kiev, neste domingo (6), e também matou Anatoly, um jovem cristão que ajudava a mãe e seus dois filhos a escaparem do bombardeio russo. Todos os quatro morreram na hora.

O evangélico, de 26 anos, era membro da Irpin Bible Church e seu último ato na terra foi carregar a mala da família e ajudá-los a atravessar a ponte destruída da cidade até um local seguro.

“Anatoly era profundamente espiritual, com um bom caráter cristão. Quando ele viu uma necessidade, ele tentou ajudar”, disse seu pastor, Mykola Romanuk, ao Christianity Today.

A Irpin Bible Church, a maior igreja de Irpin, manteve uma pequena equipe na cidade para servir a população sitiada. Os cristãos preparam três refeições por dia para 200 pessoas e ajudam a evacuar os moradores para o oeste da Ucrânia. 

Segundo o pastor Mykola, a igreja já levou 3 mil cidadãos de ônibus para locais seguros. Anatoly era um dos voluntários que auxiliava na evacuação. Após levar sua esposa Diana e outros familiares para fora de Irpin, ele se juntou à equipe da igreja na sexta-feira (4). 

Os bombardeios na cidade se intensificaram no sábado (5) e a equipe de ajuda evacuou o máximo de pessoas que pode, atravessando a ponte que o exército ucraniano destruiu a fim de impedir o avanço russo.

No domingo, Anatoly desapareceu. Os seus amigos começaram a procurar fotos de vítimas do ataque nas redes sociais e acabaram identificando o cristão entre os mortos. “Sentimos muito a falta dele, é uma tragédia para sua família e para a igreja. Deus tem um plano além da nossa compreensão, mas é difícil”, declarou o pastor Romanuk.

Agora, Igor Bandura, outro pastor da Irpin Bible Church está aconselhando o irmão de Anatoly, em Lviv. Em profundo luto, ele está buscando uma carona de volta ao leste de Kiev para o funeral.

Anatoly era membro da igreja desde 2021. Profissional de TI, ele atuava no ministério de mídia da congregação. 

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições