Fé é apontada como principal traço positivo dos brasileiros, diz pesquisa

30% dos entrevistados do estudo do IPESPE consideram a fé a característica mais marcante do povo brasileiro.

Fonte: Guiame, com informações de O GloboAtualizado: segunda-feira, 10 de janeiro de 2022 13:15
A fé é a característica mais marcante do povo brasileiro, segundo estudo do Observatório Febraban. (Foto: Facebook/Igreja ADBLU).
A fé é a característica mais marcante do povo brasileiro, segundo estudo do Observatório Febraban. (Foto: Facebook/Igreja ADBLU).

A fé foi apontada como principal traço positivo dos brasileiros, segundo uma pesquisa do Observatório Febraban, feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (IPESPE), sobre a percepção dos símbolos nacionais que melhor representam o Brasil e sua população.

Para 30% dos entrevistados, a fé é a característica mais marcante dos brasileiros. A resposta foi mais frequente na faixa etária de 45 a 59 anos (40%) e entre aqueles que cursaram até o ensino fundamental (39%). 

A criatividade foi o segundo traço mais citado, para 20% dos entrevistados. Outros 15% consideram a capacidade de superação como principal característica do povo brasileiro.

O último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2010, revelou que o número de cristãos evangélicos no país cresceu 61% em 10 anos. Segundo a pesquisa do Datafolha de 2019, 31% dos brasileiros seguem a fé evangélica, colocando o Brasil como o quarto país com mais evangélicos no mundo, conforme Sébastien Fath, historiador e pesquisador do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica), na França.

A Bíblia é o livro mais lido no Brasil (35%), seguida por livros religiosos (22%), de acordo com a pesquisa Retratos da Leitura realizada pelo Instituto Pró-Livro em parceria com o Itaú Cultural,em 2020. O estudo mostrou que a população acima de 30 anos dá preferência aos livros sobre a fé.

Durante a pandemia do Covid-19, em 2020, a igreja foi o primeiro local apontado pelos brasileiros, como lugar que gostariam de voltar a frequentar após o fim das medidas de isolamento social. 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições