Homem tem violão apreendido por louvar na rua, em Balneário Camboriú

Guarda Municipal da cidade recebeu uma denúncia, que resultou na apreensão do instrumento e equipamentos usados por Regis da Silva.

Fonte: Guiame, com informações do ND MaisAtualizado: quarta-feira, 12 de janeiro de 2022 13:22
Regis da Silva canta nas ruas de Balneário Camboriú. (Foto: Montagem / Captura de telas)
Regis da Silva canta nas ruas de Balneário Camboriú. (Foto: Montagem / Captura de telas)

Cantor de rua, Regis da Silva é conhecido na região de Balneário Camboriú e Itajaí, no Litoral Norte de Santa Catarina, por fazer louvores ao ar livre em pontos conhecidos das cidades.

Recentemente, Jonathan Nemer esteve em Balneário Camboriú e registrou a ação de Regis, enquanto cantava Agnus Dei.

“Que top ver isso! O cara louvando a Deus na rua pra todos que passam. Ministério lindo. Irmão Régis, ele não tem Instagram, mas está sempre por aqui”, escreveu o humorista em sua rede social.

Nesta segunda-feira (10), o violão e uma caixa de som usados pelo cantor durante a apresentação foram apreendidos pela GMBC (Guarda Municipal de Balneário Camboriú).

De acordo com relatório da GMBC, por volta das 10h53 as autoridades receberam uma denúncia de perturbação de sossego causada por um homem que estava “tocando com som muito alto”, provocando perturbação em frente a uma padaria na avenida Brasil, Centro de Balneário Camboriú.

Segundo a guarda, foi feita a orientação e o cantor não acatou e ainda se alterou com a guarnição, por isso, foi feita a apreensão da caixa de som, um violão e um cabo de microfone.

Em entrevista ao Jornal dos Bairros, o cantor contou que disse aos guardas que iria acatar a orientação, mas estava saindo do local. “Só que eu queria explicar pra ele que também existe uma lei que ampara a gente na rua, independente de qualquer coisa, e ele não entendeu, achou que eu estava querendo ensinar a lei pra ele e disse ‘agora vou apreender suas coisas'”, contou Regis.

Segundo testemunhas, o que Regis recolhe de doações enquanto canta, é usado para o sustento dele e da família.

Assista:

 

Siga-nos

Mais do Guiame