Igrejas da Irlanda poderão abrir para orações individuais e cultos drive-in

A decisão foi uma mudança nas regras, que havia permitido apenas funerais e casamentos com no máximo 25 pessoas.

Fonte: Guiame, com informações do PremierAtualizado: quarta-feira, 25 de novembro de 2020 13:24
Igrejas terão novas regras em segunda onda de Covid-19 na Irlanda do Norte. (Foto: Reprodução / Premier)
Igrejas terão novas regras em segunda onda de Covid-19 na Irlanda do Norte. (Foto: Reprodução / Premier)

A segunda onda da Covid-19 na Europa está afetando as comunidades religiosas e, em alguns países, levando ao fechamento total de igrejas e proibições de cultos.

Na Irlanda do Norte, uma nova regra de fechamento total de igrejas feita pela National Instruments foi descartada e o Poder Executivo do país propõe funcionamento reduzido para locais de culto.

O anúncio, feita na terça-feira (24), autoriza que agora os locais de culto podem abrir para orações individuais e realizar cultos drive-in.

A decisão dos ministros de Stormont veio depois que os líderes da Igreja na Irlanda do Norte reclamaram sobre o fechamento de igrejas.

Inicialmente, os locais de culto foram ordenados a fechar por duas semanas a partir de 27 de novembro. Eles só podiam abrir para casamentos e funerais com até 25 pessoas presentes.

Na semana passada, um pastor em Belfast disse que desafiaria as regras de bloqueio da Irlanda do Norte e manteria sua igreja aberta durante o bloqueio por coronavírus que se aproximava no país.

"A igreja é separada do estado", disse o reverendo Paul Burns, da Adullam Christian Fellowship, ao Premier. "Somos uma entidade separada. Portanto, o governo tem que respeitar isso."

Em uma declaração, o Rev. Dr. David Bruce, moderador da Igreja Presbiteriana na Irlanda, disse que "temos lembrado aos legisladores a importância de equilibrar nossa liberdade essencial de culto, com a necessidade de proteção da comunidade e dos meios de vida das pessoas, desde o efeitos devastadores desta grave pandemia, e continuará a fazê-lo."

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições