Jogadora sem parte do braço incentiva criança: “Deus me colocou aqui por uma razão”

Carson Pickett, que joga no Pride Orlando dos EUA, fez uma foto com criança que se tornou viral.

fonte: Guiame, com informações do Christian Headlines

Atualizado: Quinta-feira, 1 Agosto de 2019 as 10:36

A jogadora do Pride Orlando com o pequeno Joseph Tidd. (Foto: Reprodução/ Colleen Tidd)
A jogadora do Pride Orlando com o pequeno Joseph Tidd. (Foto: Reprodução/ Colleen Tidd)

A foto da jogadora de futebol profissional Carson Pickett, do Orlando Pride, sorrindo com um fã de 21 meses se tornou viral graças ao seu vínculo comum: ambos nasceram sem o antebraço e a mão esquerda.

A foto mostra a jogadora com o pequeno Joseph Tidd, um menino que se tornou amigo de Pickett nos últimos meses.

A mãe do menino, Colleen Tidd, tirou a foto e foi compartilhada em várias plataformas de mídia social, incluindo as da ESPN e da NBC Today Show.

"As imagens significam muito, por isso espero que quando ele ficar mais velho, ele possa ver isso e sentir ainda mais o que isso significa", disse Pickett, de 25 anos, ao jornal USA Today.

“Quando eu era mais jovem e não sabia como o mundo funciona, foi difícil. Meus pais sempre me dizem que Deus me colocou aqui por um motivo. A coisa mais importante que eu quero que Joseph (e outros) saibam é que, mesmo que as pessoas o vejam como diferente, é o que está em seu coração que conta”, declarou a atleta.

Carson Pickett jogando no Pride Orlando. (Foto: Reprodução/ Pride Orlando)

Sobre seu relacionamento com o menino Tidd, Pickett disse que "isso é algo muito maior que o futebol. Espero que seja uma amizade ao longo da vida."

A jogadora e o garotinho se encontraram pela primeira vez em abril. O pai de Tidd, Miles Tidd, disse que os dois se ligaram instantaneamente.

"Carson se ajoelhou ao lado de Joseph e mostrou-lhe o braço", disse Miles a Today. "Foi esse vínculo instantâneo que não podemos começar a entender."

O time Pride, do Orlando City, onde Pickett joga, faz parte da Liga Nacional de Futebol Feminino dos EUA.

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian no ano passado, Pickett disse que quer usar sua plataforma para mudar a forma como as pessoas veem aqueles que nascem sem membros.

"Eu tenho a capacidade de impactar muitas pessoas", disse Pickett. “Meus pais me dizem o tempo todo para usar a plataforma que Deus me deu. Eu posso usar meu braço para algo maior que eu”.

A atleta disse ainda que “eu sou capaz de impactar tantas crianças e pessoas que podem não ver uma saída. Não precisa impactá-los através do futebol. Ver que estou tendo sucesso na vida e feliz na vida pode ser um longo caminho para algumas pessoas”.

veja também