Katy Perry tenta comprar antigo convento e se envolve em processo judicial, nos Estados Unidos

A cantora pop está interessada em comprar um antigo convento em Los Angeles (EUA), que antigamente era usado pelas Irmãs do 'Imaculado Coração de Maria', mas duas freiras têm afirmado que Katy não é uma 'compradora adequada'.

Fonte: Guiame, com informações do Christian TodayAtualizado: quarta-feira, 1 de julho de 2015 14:57
Katy Perry é uma cantora de destaque no cenário pop secular e já gerou polêmica por suas performances em palco e nos clipes.
Katy Perry é uma cantora de destaque no cenário pop secular e já gerou polêmica por suas performances em palco e nos clipes.

Katy Perry está atualmente envolvida em uma ação judicial um tanto 'inusitada', envolvendo duas freiras.

Segundo o 'Christian Today' relatou, a cantora pop está interessada em comprar um antigo convento em Los Angeles (EUA), que antigamente era usado pelas Irmãs do 'Imaculado Coração de Maria'. No entanto, duas freiras que compraram convento anos atrás dizem que já venderam a propriedade a um comprador por US $ 15,5 milhões.

O arcebispo Jose Gomez diz que a Arquidiocese Católica de Los Angeles ainda possui direitos sobre a propriedade e quer trabalhar com Perry em um acordo de US $ 14,5 milhões.

As freiras Rita Callanan e Catherine Rose argumentam que Perry não é uma compradora adequada, embora eles não soubessem que sobre a carreira da cantora pop, quando se conheceram.

"Eu encontrei alguns vídeos dela na internet e... se me permitem dizer, eu não fiquei feliz com nada daquilo", disse Callanan.

Três outras freiras que mantêm a propriedade do imóvel concordam que Gomez ainda têm o direito de vende-lo.

"Tendência"
A verdade é que Katy Perry não é a primeira celebridade que tenta comprar um antigo prédio religioso.

Na Suécia, o jogador de futebol Zlatan Ibrahimovic pagou 4,7 milhões de euros ou cerca de R$16 milhões pelo imóvel de uma antiga igreja protestante.

A venda de antigos templos - e outros prédios que tinham finalidades religiosas - para celebridades, mudando assim sua 'função' parece uma ser tendência de um triste futuro para estes imóveis históricos.

A ação que envolve a compra do convento das Irmãs do 'Imaculado Coração de Maria' passará por audiência no tribunal neste mês julho (2015).

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições