Médico detalha como a complexidade do corpo humano prova a criação de Deus

O Dr. Tommy Mitchell compartilhou alguns detalhes da complexidade do corpo humano que provam o poder de criação divino.

fonte: Guiame, com informações da CBN News

Atualizado: Terça-feira, 23 Julho de 2019 as 11:09

O Dr. Tommy Mitchell detalha como a complexidade do corpo humano prova a criação de Deus. (Foto: Reprodução/Facebook)
O Dr. Tommy Mitchell detalha como a complexidade do corpo humano prova a criação de Deus. (Foto: Reprodução/Facebook)

Como cientista e médico, o Dr. Tommy Mitchell passou por uma longa jornada até estabelecer uma fé sólida. Ele defendia o evolucionismo teísta, que busca conciliar Deus e a teoria da evolução, mas ao longo dos anos de estudo, tornou-se convicto da veracidade bíblica à respeito da criação divina.

Mitchell compartilhou alguns detalhes da complexidade do corpo humano, que são provas do poder de criação divino, durante um episódio de “Answering Atheists” (“Respondendo Ateus”), da produtora Pure Flix.

“A maioria dos médicos com quem trabalhei durante anos e anos foram ateus”, disse Mitchell. “Toda essa questão da complexidade do corpo simplesmente não vem à tona, porque você está tão ocupado cuidando do [paciente], que você não se senta e diz: ‘O coração, o rim ou seja lá o que for é tão maravilhoso’”.

Mitchell, que é formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Vanderbilt, nos Estados Unidos, expôs um argumento convincente que explica porque o corpo humano não pode ser resultado de um acidente. 

“Quando você para e realmente considera as complexidades do corpo — sejam os mecanismos homeostáticos que permitem que a temperatura permaneça constante; os níveis ácido-base que permanecem dentro de limites muito restritos; a forma como o rim ajuda a regular a pressão sanguínea e o equilíbrio de fluidos; as proteínas de coagulação do sangue, e todas elas têm que estar exatamente no mesmo lugar; ou um pequeno corte no dedo que faz com que você sangre até a morte — você se convence”, disse Mitchell.

O médico continuou: “Quando você realmente para, dá um passo para trás e considera como o corpo é extremamente complexo, não existe a possibilidade de que sua formação seja um acidente”.

O Dr. Mitchell também falou sobre sua transformação da evolução teísta para o criacionismo, observando que sua mudança exigiu que ele “desaprendesse muitas das coisas” que ele havia aprendido.

Ele se entregou a Cristo aos 17 anos, mas se tornou evolucionista teísta no período da faculdade, onde estava sob a influência de muitos professores que promoviam conceitos evolucionistas. Depois concluir os estudos e iniciar sua carreira médica, Mitchell tornou-se convicto dos erros das filosofias evolucionistas. 

Desde 2005, o Dr. Mitchell tem atuado como palestrante e autor da Answers in Genesis, uma organização cristã que defende o criacionismo da Terra com base na interpretação do Livro do Gênesis, fundada pelo cientista Ken Ham.

veja também