Pastor cita a Bíblia e pede para Deus julgar estado americano que ampliou aborto

Oração foi feita na abertura dos trabalhos legislativos na Câmara dos Representantes de Illinois.

fonte: Guiame, com informações do Christian Headlines

Atualizado: Quinta-feira, 6 Junho de 2019 as 12:27

Parlamento de Illinois com pessoas pró-vida protestando contra o aborto instituído no estado em todas as fases da gravidez. (Foto: Illinois Family Institute/Facebook)
Parlamento de Illinois com pessoas pró-vida protestando contra o aborto instituído no estado em todas as fases da gravidez. (Foto: Illinois Family Institute/Facebook)

O pastor Cory Musgrave citou as Escrituras e pediu a Deus que julgasse Illinois, o estado americano que liberou a prática de aborto para todos os nove meses de gravidez.

A oração por causa da “destruição sancionada dos inocentes por nascer” foi feita durante a abertura dos trabalhos da Câmara dos Representantes na sexta-feira (31), três dias depois que os parlamentares votaram pela expansão do aborto.

“Deus, fizemos nosso apelo aos líderes de Illinois esta semana, em nome daqueles bebês inocentes que ainda não têm voz”, orou Cory Musgrave, pastor da New Beginnings Church em Fairfield. “Temos sido uma voz para aqueles que não podem falar por si mesmos como você nos ordenou. Mas esses apelos foram negados.”

Durante sua oração, Cory Musgrave  disse que “ainda temos um apelo final, e isso é para os tribunais do céu”.

“Deus Todo-Poderoso, faço um apelo ao céu hoje, a você o juiz perfeito, aquele que preside a corte do céu. Peço-lhe que se levante, ó Deus, e julgue Illinois, pela destruição sancionada dos inocentes não nascidos. Pois quando seus julgamentos estão nesse estado, os habitantes de Illinois aprendem a justiça”, declarou.

O projeto de lei chamado de H.B. 25 trata o aborto como um “direito fundamental” e diz que o feto “não tem direitos independentes”. Ele também obriga as companhias de seguro a cobrir o aborto e exige que os pais paguem pelo aborto de sua filha, mesmo que tenham sido contrários ao procedimento. O projeto foi aprovado pela Câmara e pelo Senado.

O Live Action diz que o projeto de lei é “mais extremo” do que o controverso projeto de lei de Nova York, assinado em lei.

‘Illinois se afastou de Deus’

Cory Musgrave, que é casado com Jana Musgrave e tem três filhos, começou sua oração agradecendo a Deus pelas muitas bênçãos do estado. Mas ele disse que Illinois se afastou de Deus.

“Deus, nenhuma das nossas más ações estão escondidas de você”, ele orou. “Você vê tudo. Senhor, você nos disse as coisas que odeia, e entre elas, estão as mãos que derramam sangue inocente. Eu estou aqui nesta casa, neste lugar elevado em Illinois, e peço a você, ó Deus, criador do céu e da terra, se há algum sangue mais inocente do que um bebê que está maravilhosamente sendo criado no ventre - Deus aqueles nascituros não estão escondidos de você.”

O pastor finalizou sua oração dizendo que “eu oro para que a justiça corra como água e como um rio poderoso. Em seu julgamento, eu oro para que você se lembre da misericórdia, pois sabemos que você, ó Deus, não quer que ninguém seja destruído. Eu peço isto em nome de seu Filho, aquele que morreu por um pecador como eu, aquele que foi designado para julgar os vivos e os mortos”.

veja também