Pastor sobrevive após coração parar por 15 minutos: “Foi o poder da oração”

O coração de Chris Wickland parou subitamente enquanto estava em parque com os filhos pequenos.

fonte: Guiame, com informações do Premier

Atualizado: Terça-feira, 21 Janeiro de 2020 as 11:08

O Pr. Wickland em coma no hospital e hoje recuperado com a família. (Foto: Reprodução/Premier)
O Pr. Wickland em coma no hospital e hoje recuperado com a família. (Foto: Reprodução/Premier)

O reverendo Chris Wickland parou de respirar depois de desmaiar em um parque, quando estava com seus filhos, em Southampton, Inglaterra. Wickland sofreu uma parada cardíaca e foi socorrido.

Os funcionários do local realizaram procedimento de ressuscitação no pastor e administraram quatro choques elétricos com um desfibrilador depois que seu coração parou de bater. Em seguida, Wickland começou a respirar novamente e foi colocado em uma ambulância.

Wickland, que é o pastor sênior da Igreja Pentecostal Living Word em Fareham, disse ao Premier Paramedics que chegaram ao local ficaram surpresos com sua recuperação: "Em 24 anos de trabalho, eles disseram que nunca viram ninguém voltar depois de um quarto choque."

Ele afirma que ressuscitou pelo poder da oração. Após a parada cardíaca, sua filha entrou em contato com mãe Tracey, que disse às crianças "para orarem por ele imediatamente".

"Então, imediatamente, minha esposa o publicou na rede de oração e em nossas igrejas, e atingiu as mídias sociais e simplesmente saiu por toda parte. Muitas outras igrejas o buscaram e começaram a orar”, conta o pastor.

Wickland disse também que, “nos próximos dias, tivemos literalmente centenas de cristãos em todo o mundo e igrejas orando por nós”.

Risco de morte

O pastor Wickland foi levado às pressas para o hospital após o incidente e colocado em coma induzido. Ele permaneceu no suporte de vida por vários dias, pois não conseguia respirar de forma independente.

Os médicos avisaram à esposa do pastor, Tracey Wickland, que suas chances de sobrevivência eram improváveis ​​quando ele fosse retirado do ventilador e disseram que, se sobrevivesse, ele provavelmente sofreria graves danos neurológicos devido à falta de oxigênio.

De acordo com Wickham, Tracey se recusou a desligar a máquina: "Minha esposa tomou uma decisão dizendo: 'Não serei uma viúva de luto, vou permanecer na palavra de Deus, declarar as escrituras e acreditar que Deus vai curá-lo'. E então ela basicamente começou a orar de forma consistente por mim."

O pastor fala ainda sobre a movimentação que houve na igreja em prol de sua vida e recuperação: "No domingo de manhã, enquanto eu ainda estava em coma, minha igreja estava orando por mim e, como eles estavam orando em conjunto, chegou o telefonema de minha esposa dizendo que eu havia acabado de acordar. A igreja estava meio que chorando e se regozijando."

Dois dias depois, Wickland recebeu alta da terapia intensiva e foi mandado para casa com um atestado de saúde.

"Fiquei melhor e mais forte, estou de volta para casa agora e completamente bem, estou correndo de novo, estou de volta ao trabalho e, minha mente parece melhor agora do que era antes", testemunha o pastor.

Refletindo sobre a experiência, ele disse: "Estou começando a perceber o quão milagroso é. Estou encontrando mais e mais profissionais da área médica, dois na semana passada disseram que lidamos com pessoas que passam pelo que você passou e depois de cinco minutos de RCP, muitos deles acabam com danos cerebrais menores. Eles disseram que o fato de você voltar após 15 minutos sem absolutamente nenhum dano cerebral não é nada menos que um milagre, por isso nunca vimos nada parecido."

"Literalmente, o que me trouxe de volta foi a oração dos cristãos. Eu não deveria estar aqui. E se eu estivesse aqui, não deveria ter minhas faculdades mentais de volta do jeito que tenho", afirmou o pastor Wickland. "É o poder da oração", finalizou.

veja também