Projeto de Lei prevê o aumento na pena de crimes cometidos dentro de igrejas

A proposta é de autoria do Deputado Pastor Gil (PL) e está em análise na Câmara dos Deputados.

Fonte: Guiame, com informações da Agência CâmaraAtualizado: segunda-feira, 12 de abril de 2021 12:32
Segundo o Pastor Gil, a mudança punirá com mais rigor episódios de violência e preconceito religioso. Foto: Agência Câmara).
Segundo o Pastor Gil, a mudança punirá com mais rigor episódios de violência e preconceito religioso. Foto: Agência Câmara).

O Projeto de Lei 162/21 prevê o aumento na pena de crimes cometidos em locais de cultos e cerimônias religiosas. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados e inclui essa previsão no Código Penal, no rol das circunstâncias que sempre tornam o crime cometido mais grave.

A PL é de autoria do Deputado Pastor Gil (PL-MA), que pretende punir de forma mais severa os episódios de violência e preconceito religioso no país. “Temos enfrentado tempos violentos e, por isso, precisamos tomar medidas preventivas para que não se agrave o cenário que temos vivenciado diariamente em todo o País”, afirma.

A proposta será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), antes da PL ser votada pelo plenário da Câmara.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições