Silvio Santos fala sobre fé em seu programa: “Tenho um pacto com Deus”

"Eu dou tanta sorte que Deus me abraçou, me beijou e me pegou no colo”, brincou Silvio no programa exibido no último domingo (13).

Fonte: Guiame, com informações de O DiaAtualizado: segunda-feira, 14 de março de 2016 18:02
Embora saiba que a igreja evangélica também cultua o Deus de Israel, Silvio sempre se mostrou firme em relação ao judaísmo. (Foto: Reprodução/Caras)
Embora saiba que a igreja evangélica também cultua o Deus de Israel, Silvio sempre se mostrou firme em relação ao judaísmo. (Foto: Reprodução/Caras)

Na última edição do Programa Silvio Santos, exibida no último domingo (13), o dono do SBT falou sobre sua fé judaica, em um dos poucos momentos em que abordou sobre sua relação com Deus.

“Eu sou o único judeu na minha casa. Lá são todos evangélicos. Eles querem me converter, mas eu não posso. Eu tenho um pacto com Deus, não posso. Eu dou tanta sorte que Deus me abraçou, me beijou e me pegou no colo”, brincou Silvio durante o Jogo dos Pontinhos, onde discutiam sobre as diferenças das religiões de um casal.

Em julho do ano passado, Silvio visitou o Templo de Salomão ao lado da mulher, Íris Abravanel, e do o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal e dono da Record.

A visita de Silvio a uma igreja evangélica não foi a única. "Às vezes meu pai vai à igreja com a gente", disse a apresentadora Patrícia Abravanel, que assim como a mãe e as cinco irmãs, é evangélica.

Embora saiba que a igreja evangélica também cultua o Deus de Israel, Silvio sempre se mostrou firme em relação ao judaísmo. Em uma declaração ao jornal Folha de S. Paulo, o dono do SBT disse que sempre foi contra a venda de horários para outros espaços religiosos em seu canal.

"Eu não vendo horário religioso. É contra o meu princípio. Judeu não deve alugar a televisão para os outros. Você não sabe que os judeus perderam tudo quando deixaram outras religiões entrarem em Israel? A história é essa", disse ele.

"No dia em que os judeus começaram a deixar que outros deuses fossem homenageados em Israel, os babilônios foram lá e tiraram o templo e jogaram os judeus para fora. O judeu não pode deixar que na casa dele tenha outra religião. É por isso que não deixo nenhuma religião entrar no SBT", reiterou Silvio Santos.

Siga-nos

Mais do Guiame