Análise do CD 'Foi Por Amor' - Adoração & Adoradores

Análise do CD 'Foi Por Amor' - Adoração & Adoradores

Atualizado: Quinta-feira, 29 Novembro de 2012 as 11:01

 

O Ministério Adoração & Adoradores tem realizado inúmeros trabalhos junto ao povo evangélico interdenominacionalmente, ou seja, transitando nas diversas denominações cristãs, de forma muito abrangente. O Pr. Massao Suguihara é o líder desse Ministério. Ele foi Pastor Sênior da Igreja Evangélica Holiness, na cidade de Pompéia, interior de São Paulo, por mais de 20 anos. 
 
No dia 14 de fevereiro de 2012 o Ministério Adoração & Adoradores realizou a gravação do projeto "Foi por Amor", que contou com as participações de Chris Tomlin, Fernandinho, Massao Suguihara, Juliano Son, Eyshila, Adhemar de Campos, Asaph Borba, Daniela Araújo, Gerson Ortega, Rogério Sarralheiro (Templo Soul) e Storge 2 (Tiago e Carol Suguihara), entre outros. 
 
O projeto foi lançado pela Som Livre e a toda identidade visual do projeto é assinada por Naor Tartaroti. A criação e concepção do projeto foi dirigida por Leandro Aguiari. 
 
Segundo o Pr. Massao Suguihara, o objetivo de "Foi por Amor" é contribuir na evangelização e na edificação da Igreja através do ministério de louvor e artes. 
 
"Nosso desejo é formar uma geração que ame a Deus mais do que tudo, cheia de compaixão pelo seu próximo e que exalte o Senhor Jesus Cristo entre as as nações, no poder do Espírito Santo", diz. 
 
Foi por amor possui um repertório de adoração no estilo pop rock. Conta com versões dos australianos do Hillsong (“God is able” e “With all I am”), de Chris Tomlin (“Awakening”), de Parachute Band (“Come to the river”), de Matt Redman (“Healing is in your hands”) e do Jesus Culture (“Revelation song”), ao lado de canções autorais da família Suguihara. 
 
Um dos destaques do projeto, desde sua primeira edição, é a diversidade de ministros interpretando as canções, fato que marca não só pela característica de cada um, como também pelas diferenças de timbre. Desta forma podemos destacar Juliano Son em Nosso Deus é poderoso e Vem para o rio, Fernandinho em Aviva-nos, Eyshila em Tudo que sou, Carol Suguihara A cura está em Tuas mãos, 
 
A faixa título, Foi por amor, faz parte do repertório do álbum “Tudo novo”, da banda Storge 2. 
 
A gravação tem momentos envolventes. Um deles é a união de Adhemar de Campos, Asaph Borba, Gerson Ortega e Massao nos hinos O sangue de Jesus e Quanto amor. 
 
Outro momento cativante é o final com Eu sou Teu que, além dos ministros citados no parágrafo anterior, conta ainda com Juliano Son, Fernandinho e Rogério Sarralheiro, líder do Templo Soul. 
 
O ponto alto da gravação é a interpretação de Daniela Araújo na Canção do apocalipse. Dani é uma cantora acima da média e aqui ela se superou. Sem comentários. 
 
A gravação em estúdio foi realizada na Flymusic (SP) e o DVD é assinado pela DAAZ (SP), ambos sob responsabilidade do produtor Leandro Aguiari. Uma parte do áudio em estúdio foi gravada na Bletchley Park (EUA). 
 

veja também