Análise: Marcela Taís - "Cabelo Solto"

Análise: Marcela Taís - "Cabelo Solto"

Atualizado: Segunda-feira, 16 Abril de 2012 as 2:27

Já tem um tempão que o Soundcloud da Marcela Taís está salvo nos meus favoritos do navegador. Gosto muito de ouvir suas canções leves e alegres. Daí, outro dia ela foi simpática e generosa o bastante pra me pedir que lhe enviasse meu endereço. Dias depois chegou aqui o seu CD "Cabelo Solto". 

Fiquei contente com a atenção e mais ainda em poder ouvir o disco. Muito feliz! Muito crente por aí fala de uma alegria forçada, que não vive a julgar pelo amarrado da cara e que nas canções fica parecendo haver uma obrigação idiota de ser feliz, dar risada o tempo todo sem que nenhum motivo digno de um sorriso seja mencionado. Não é o caso da música da Marcela! Ela dá motivos pra que o sorriso brote sem impôr isso nas suas letras. Nada de "vira pra pessoa que tá do seu lado e dê um sorriso dizendo a ama em Cristo!". É música que nos traz à memória o que nos pode trazer esperança como a leveza das crianças, a beleza dos jardins, desejos de paz, fé nos milagres e coisas assim... Tudo muito singelo e calorosamente cantado! 

Aliás, a voz da Marcela é também uma alegria. Leve, cheia de vida e sem o peso do exagero e menos ainda a cansada auto-imposição de que sofrem muitos cantores cristãos de soarem iguaizinhos aos grandes virtuoses do segmento. Ela tem a inteligência de permitir que sua assinatura vocal apareça sempre e a gente agradece porque é uma voz, um fraseado e até uma respiração agradável de ouvir. 

O disco é cheio de canções lindas, mas gostaria de destacar algumas: 

Declaro Paz - Gosto do arranjo, do contrabaixo e do refrão desta canção por demais! Além do que, chega de "corinho de Guerra", né? Nosso mundo precisa de Paz! De mais gente que viva pela Paz e que creia na possibilidade da Paz. Enfim... 

És o meu Dono - De novo, tudo certo! Uma canção de entrega que escapa do clichê e nos brinda com esse sabor folk que eu tanto gosto. 

Este ambiente sonoro quase que continua em Não tenho o dom, onde vemos como que a canção parte de uma idéia onde música e um sentido poético se encontram. Outra coisa que continua são os muitos violões! Já disse aqui mil vezes que violões poucas vezes são demais... 

Belo disco da Marcela! Você pode comprar pelo site da cantora no link http://www.marcelatais.com.br/ e conferir pessoalmente o trabalho da cantora brasiliense. 

veja também