Análise: Paulo C. Baruk - 'Multiforme'

Análise: Paulo C. Baruk - 'Multiforme'

Atualizado: Quarta-feira, 21 Março de 2012 as 10:23

Salluz
Analisado em Setembro 2010

 

Músicas: Jesus me ama/ Filho de Deus/ Glória/ A minhaforça/ O meu querer/ Somente Deus/ Reina/ Deus está/Graça/ Eu corro para Ti/ O nome de Jesus/ Tuapresença/ Flores em vida/ Em nome da justiça
Com bastante carisma, uma bela voz e muitasensibilidade, Baruk caminhou naturalmente para umacarreira solo. Versatilidade, poesia, interpretaçõesmergulhadas em sentimento, baladas inspiradoras esom contagiante. Estes são alguns dos ingredientes contidos nos trabalhos musicais realizados no decorrer da carreira deste expoente da música gospelbrasileira.Suas canções falam de um Deus amoroso, que se preocupa com cada um de nós individualmente. Soul, funk, rock e RB, são os ritmos usados por Baruk para louvar o Senhor. Baruksabe usar, com total liberdade e domínio, cada um deles, aplicando muito bem todas as técnicas referentes a esses tipos de música.

Cada CD do cantor quando iremos ouvir é uma surpresa, pois a versatilidade é a marca do cantor que pode ser considerado pop, porque pop? O cantor traz canções que independente do estilo musical cairá no gosto do público. E não é à toa que este projeto do cantor concorre ao Grammy Latino 2010 pois mostra um amadurecimento notável do cantor e também a popularidade que vem conquistando junto ao público cristão. “Jesus me ama” ao fundo da canção no começo parece que você está ouvindo a um disco, com aquele barulho ao fundo de pó muito legal remeter a isto. Bem interpretativa, você pode até achar por um momento que está naqueles cultos de domingo pela manhã nas igrejas americanas ouvindo um bom órgão e o coral de fundo acompanhando Baruk.
“Filho de Deus” já surpreende pela sonoridade, um som bem eletrônico, com muitos loops, Barukfazendo o backing com uma concepção diferenciada, produzido por Luciano Claw. A canção fala de o que é ser filho de Deus, que somos filhos de Deus e somos livres, letra de Baruk e Grulha.

Eu me perguntava quem ousaria gravar esta canção interpretada por Martha Munizzi, fazendo um estrondoso sucesso nos países de língua inglesa como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Inglaterra, bem agitada quem a conhece já sabe estamos falando de “Glória”, bem cheia de vertentes de salsa, gospel explosivo, a versão aqui feita pelo Baruk ficou excelente. Com um coral de peso colaborou pra que a essência da música não fosse perdida, foram convidados Gustavo Mariano, Samuel Mizrahy, Ádila Mizrahy, André Calore, Melk Villar, Dyani Primo, Queila Martins e Paloma Possi.

Com um som mais acústico Baruk interpreta “A minha força – Aleluia”, você que acompanha a análise já pôde ler que a cada canção o cantor procura abraçar uma ideia que no conceito geral vira homogênio e se entrega a excelente desempenho versátil do cantor que com sua bela voz pode passear pelos diversos ritmos e estilos musicais.

“O meu querer” foi a canção escolhida pra ser carro chefe do CD assim que ele saiu, composição do próprio Baruk, leva o som do violão na primeira parte da canção, e ao voltar ganha o peso da cozinha, éuma oração cantada, oração de entrega, o coro é bem forte, atrelado a uma melodia bem trabalhada “Eu quero Te servir eu quero Te obedecer viver Tua vontade, refletir Tua verdade, Te honrar com minhavida, em Tudo Te adorar, Mestre, Amigo, Amado Jesus” você terá um momento maravilhoso de adoração e reflexão com o Senhor nesta canção, a que eu mais gostei do trabalho.

“Somente Deus” é regravação que senão me engano foi do Projetar’t em algum trabalho da gravadora Bom Pastor, produzida por Luciano Claw, que concepção foi dada a esta canção que merecia um destaque melhor. O coral foi usado aqui também com mais nomes vamos destacar: Gustavo Mariano, Samuel Mizrahy, André Calore, Melk Villar, Rodrigo Mozart, Dyani Primo, Queila Martins, Paloma Possi, Jéssica Augusto, Leila Francieli e Ellis Negrês. Esta canção ganhou uma interpretação ímpar do cantor, Baruk sabe muito bem escolher um repertório. Canções que caem no gosto das igrejas, das mocidades, dos congressos da vida e isso impulsionam cada vez mais o ministério do cantor Brasil afora.

“Reina” com o baixo fazendo a vez da melodia na abertura da canção arranjada por Alexandre Malaquias e Leandro Rodrigues. Canção de louvor ao Senhor, contou com a participação de amigos no coral e também de algumas crianças pra dar um ar diferente a canção bem alegre, que clama ao Senhor pra que Ele reine em nossas vidas, pois Ele é o motivo do nosso cantar. “Deus está” o cantor regrava novamente esta canção contanto com participações de Ton Carfi, Hygor Junker e Samuel Mizrahy aqui ganhou apenas o violão, bandolim e percussão.
 
“Graça” é uma versão, com arranjos de Baruk e Leandro Rodrigues, com efeitos e o piano marcando bem a canção, bem prá frente, o coro é bem de assimilação pra que a galera possa curtir boa pros eventos ao vivo do cantor. O piano e o som do Cello dão um clima mais intimista à canção “Eu corropara Ti” letra e música de Paula Freitas, ao voltar de novo a canção ganha um peso a mais, e no coro vem com tudo na segunda vez que é interpretada. A canção vem numa crescente e a interpretação deBaruk ganha um sentimento único ao entoar “eu corro para Ti, não sei viver sem Ti, sem ter o Teu amor não sei respirar, só em Teus braços encontro o que preciso ter”.
 
“O nome de Jesus” composição de Baruk, bem glamorosa a levada da canção é refinada, contando com um naipe de cordas conduzido por Ronaldo Oliveira. E a surpresa fica por conta da participação especial de Leonardo Gonçalves, dueto fascinante, gostei muito, a canção ajudou muito no dueto e contou com um coral de peso já apresentado anteriormente.
 
“Tua presença” traz a guitarra com efeitos, programações de Luciano Claw e Baruk, Rodhes de Samuel Silva, cada canção tem a sua particularidade, esta é composição de Elizeu Costa, contou com a participação de Daniela Araújo, que voz! A canção é bem pop estes efeitos deram um ar tão legal na canção. Por isso que o cantor está onde está, com um CD tão bom não tem como você não ficar curioso pra ouvir as faixas do trabalho, pois a cada uma ele te surpreende!
 
Esta é a segunda canção de trabalho do CD, que o cantor trabalha no momento que ganhou também versão clipe muito bem comentado no meio. Uma canção que remete a dar “Flores em Vida” antes que aquela pessoa amada se vá. Aproveitar o máximo do momento que você tem com as pessoas que amano dia de hoje o agora, interpretada ao som do piano e de um naipe de cordas. Intimista e canção de impacto. Bem forte o conteúdo da música.
 
“Em nome da Justiça” podemos chamar de quase um samba rock não é? Letra e música do nosso querido João Alexandre, já sabe o que vão ouvir né? Uma canção com muita letra de qualidade e umamelodia suficiente pra nos abraçar totalmente, bem brasileira, a canção fala sobre mudanças, sobre o país, um alerta geral. Baruk finaliza surpreendendo a todos que ouvem o CD. Uma canção um tanto com ensejo político, fala de ser profeta e sua bandeira levantar, transformar o mundo questão de compromisso. Bora comprar o CD e ter este trabalho que concorre ao Grammy Latino em sua casa.
 
Ahh e se você perceber como eu percebi quando quase tirando o CD você ouve Baruk cantando O Senhor é bom, sempre bom ao final só voz, em forma de agradecimento.

 
Por Alex Eduardo, administrador do Casa Gospel.com, compositor e tecladista.

veja também