MENU

A importância da escola cristã, na missão da igreja

A importância da escola cristã, na missão da igreja

Atualizado: Quarta-feira, 29 Julho de 2009 as 12

Estas palavras, ditas por Jesus por ocasião da Sua ressurreição, ecoam através dos séculos desafiando a igreja hoje, como naqueles dias, para a sua grande missão: salvar vidas. Mas, o mandato de salvar vidas transcende o momento da decisão por Cristo. Iniciando com o novo nascimento, deve prosseguir pela vida a fora, envolvendo o processo de salvação da mente e transformação do caráter. Sendo assim, o ensino bíblico se torna essencial para o crescimento espiritual do novo crente.

A palavra de Deus, ensinada na igreja, sob a unção do Espírito Santo, opera na mente, mudando nossa maneira de pensar, de ser e de agir, nos tornando mais semelhantes a Jesus. Neste sentido, a Educação Escolar Cristã também deve ser considerada como uma poderosa estratégia para o cumprimento da grande comissão e para a transformação da nação brasileira, pois Cristo nos ordenou: Ide e ENSINAI às nações. Somente na escola cristã, nossas crianças e jovens podem ter “... iluminados os olhos do conhecimento...” para aprender Matemática, Ciências, Artes, Cidadania e demais conteúdos acadêmicos à luz da revelação de Deus, tornando-se instrumentos dEle na implantação do Seu Reino.

Sabemos que tudo o que existe veio à existência mediante o comando do Deus Criador, e é por essa razão, sujeito a Ele, encontrando seu propósito e sentido somente nEle. Crer nisso implica em compreender que em todo assunto que estudamos, desde Ética a Ecologia, a verdade só pode ser encontrada em conexão com Deus e Sua revelação. Que, em qualquer área da vida, conhecimento genuíno significa discernir e obedecer às leis pelas quais Deus estabeleceu o universo, permitindo que elas governem a nossa maneira de ser e de pensar.

Na escola cristã não é o aluno, e sim Cristo, o centro, pois nEle estão escondidos todos os tesouros do conhecimento.

A educação acadêmica como missão da igreja não é modismo e nem novidade. Agostinho escreveu um tratado sobre Educação, sua importância e seus métodos. Após a Reforma, é grande a quantidade de educadores cristãos que dedicam suas vidas à obra educacional como meio de conduzir os jovens a Cristo. Lutero, Calvino e outros reformadores acreditavam que a educação deve ser prioridade para a igreja, pois é por meio dela que Deus comunica a Sua graça. A visão de Educação universal é bem característica do pensamento cristão reformado, influenciando definitivamente os rumos da História da Educação. João Amós Comênius, pastor protestante do séc. XVI escreveu o primeiro trabalho sobre a educação infantil, além de uma enciclopédia e a famosa Didática Magna.

Para estes homens de Deus, a tarefa de avançar com a educação até os níveis mais superiores, de conhecer e produzir conhecimento era um simples ato de obediência ao Senhor.

Que resposta a igreja de Cristo hoje, pode dar a um país com mais de 70 milhões de crianças e adolescentes, a maioria dos quais sem o conhecimento de Deus? Como vamos prosseguir para o cumprimento da grande comissão, em nossa geração? Hoje, como no dia em que as pronunciou, as palavras de Cristo devem nos orientar em nossa missão: IDE e ENSINAI...fazei discípulos de todas as nações.

Por: June Imaculada Soares V. B. Ribeiro

veja também