MENU

Alunos com deficiência sofrem com falta de escolas adaptadas no Piauí

Alunos com deficiência sofrem com falta de escolas adaptadas no Piauí

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 9:12

O Piauí é o segundo pior Estado do Nordeste em quantidade de escolas adaptadas, revela pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em Teresina, capital piauiense, 24% da rede municipal de ensino não está apta a receber pessoas com deficiência.

Para o vice-presidente da associação municipal Associação dos Cadeirantes de Teresina, o poder público ainda não está preparado para lidar com a questão da acessibilidade.

- Querem resumir a acessibilidade a rampas, e não é isso, a acessibilidade implica em vários outros fatores.

Viviane Fernandes, diretora da Secretaria da Educação e Cultura do Estado do Piauí, disse que, apesar dos dados serem baixos, eles são animadores. Em 2006, o percentual de escolas adaptados era de apenas 1%, diz a dirigente.

- Nós tínhamos três salas em 2003 e chegamos a 70 no final de 2009. A previsão é chegarmos a 150 salas adaptadas até o final deste ano.

Ela afirmou que o governo estadual tem como meta adaptar pelo uma escola por município do Piauí até 2011.

veja também