MENU

Alunos da rede municipal de SP ficarão mais duas horas na escola

Alunos da rede municipal de SP ficarão mais duas horas na escola

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 9:08

Alunos das escolas municipais de São Paulo ficarão mais duas horas na escola para o reforço de português e matemática fora do horário de aula. A medida, anunciada pela Secretaria Municipal da Educação, é válida para os estudantes da 5ª a 8ª séries tiveram um desempenho ruim na Prova São Paulo.

A Prova São Paulo é um teste que a Secretaria Municipal de Educação faz para avaliar o conhecimento dos alunos em português e matemática.

Em 2010, os alunos da 2ª e 3ª séries saíram melhor nas provas de português em relação a 2009. Já as notas dos estudantes da 4ª a 8ª séries caíram.

No teste de matemática, a mesma situação: notas maiores na 2ª, 3ª e 4ª séries, e menores da 5ª a 8ª séries.

Os resultados deste ano levaram a Secretaria Municipal de Educação a tomar uma medida para tentar reverter a queda de rendimentos dos alunos mais velhos. Aqueles que tiveram desempenho ruim na Prova São Paulo terão de passar mais tempo na escola.

"Haverá recuperação durante as cinco horas e mais duas horas fora do horário em que ele está na escola para poder recuperar o conteúdo de português e matemática", disse o secretário municipal de educação Alexandre Schneider.

Uma escola no Campo Belo, Zona Sul de São Paulo, já tem um programa de recuperação fora do horário de aula. Segundo os professores, quem freqüenta as aulas melhora o rendimento. O problema é que poucos aparecem.

"Quando fica fora do horário os pais não trazem a gente convoca o pai, fala da responsabilidade da necessidade e alguns alunos não frequentam porque fica difícil do pai trazer", disse a coordenador da escola, Regina Maria Guerra Valente.

A Prova São Paulo mostrou que mais de 20% das crianças que estão na 2ª série ainda não sabem ler e escrever.

veja também