MENU

Alunos de escolas municipais do Rio exibem curtas em festival

Alunos de escolas municipais do Rio exibem curtas em festival

Atualizado: Quinta-feira, 23 Setembro de 2010 as 1:59

Dez curtas-metragens produzidos por alunos da rede municipal do Rio de Janeiro, sendo seis escolas e três Núcleos de Arte, serão exibidos no Festival do Rio, que começa nesta quinta-feira, 23, em diversos pontos da cidade. Os filmes passaram pelo crivo de curadores do evento e estão entre os 45 selecionados - dentre 150 inscritos de todo o Brasil, Argentina, Itália e Espanha - para a Mostra Geração, voltada para o público infanto-juvenil.

Elaboração do roteiro, direção, filmagem, atuação e figurino foram comandados pelos jovens, de 8 a 18 anos, em oficinas que acontecem no contraturno escolar, dentro das unidades de ensino. Os temas refletem o cotidiano dos estudantes. O curta "Dia das Mães", de 10 estudantes do Núcleo de Arte da Escola Municipal Grécia, na Penha, conta a história do adolescente que não vai ao baile funk, impedido pela mãe.

Segundo o diretor do Núcleo, Guilherme de Oliveira, o filme foi produzido em um mês e, exibido para os colegas, fez sucesso estrondoso. A primeira participação do Núcleo no Festival do Rio foi em 2003, mas produções dos estudantes já passaram por Portugal, Chile e Argentina.

"Tive a ideia do roteiro após ir a baile funk escondida. Debatemos em grupo e o resultado final foi ótimo. As oficinas me deram senso crítico e acho que o Festival do Rio pode abrir novas portas", aposta a estudante Letícia Rezende, 16 anos.

Já o filme de estudantes da Escola Casemiro de Abreu, em Campo Grande, precisou de quase um ano para ser concluído e trata da história da Caroba, planta medicinal que dá nome à favela da Carobinha, marcada pela violência. Na ficção "Em Busca da Carobinha", seres do "Planeta Caroba" vêm trazer a paz aos habitantes da Terra.

A produção faz parte do projeto "Vídeo Ambiental", em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura. Após aprenderem as partes técnica e teórica do cinema, 20 alunos da escola elaboraram o curta. Para Ana Elisa Espínola, 11 anos, estar no Festival é o reconhecimento do esforço e a esperança de profissionalização. "Gravar é cansativo, mas amei a experiência. Quero ser atriz e fazer outros filmes", declara.

A Mostra Geração vai do dia 24 de setembro ao dia 7 de outubro, com sessões no Espaço de Cinema e Vivo Gávea.

veja também