MENU

Alunos do ensino médio aprendem como montar suas próprias empresas

Alunos do ensino médio aprendem como montar suas próprias empresas

Atualizado: Sexta-feira, 25 Abril de 2008 as 12

A partir de 27 de abril, a Fundação Riguetti Pinto inicia o projeto Meu Futuro em toda a cidade de São Paulo (com exceção da cidade de Guarulhos). O projeto faz parte do conjunto de ações sociais da Fundação e tem por missão despertar o espírito empreendedor entre crianças e jovens. Dentro do projeto existe o programa "Mini Empresa", onde estudantes do Ensino Médio podem adquirir experiência prática em economia e negócios, além de participarem de perto dos processos de organização e operação de uma empresa.

De acordo com Ariane Riguetti Pinto, presidente da Fundação, o programa é desenvolvido em quatro semanas, em jornadas semanais com duração de 3 horas, realizadas em escolas. Foram selecionados para participar deste projeto os filhos de lojistas da Omni International que estão cursando o ensino médio. Cada filho tem o direito de indicar um convidado.

A partir das aulas, os jovens são capacitados para atuar em qualquer tipo de negócio. O enfoque do programa é estimular o empreendedorismo e orientar, vocacionalmente, os estudantes, incentivando a pró-atividade. Para tanto, os participantes aprendem conceitos relacionados à livre iniciativa, mercado, comercialização e produção. Todos os discentes são acompanhados por profissionais voluntários especializados nas áreas de educação e psicologia.

No conteúdo programático do projeto estão incluídos fundamentos da economia de mercado e da atividade empresarial. Tudo é repassado aos alunos por meio do método Aprender-Fazendo, assim, cada participante tem a oportunidade de se tornar um &miniempresário&.

O projeto "Meu Futuro" faz parte de uma iniciativa mundial criada pela empresa Junior Achievement, maior e mais antiga organização de educação prática em economia e negócios dos Estados Unidos. A filosofia seguida pela organização acredita na capacidade e potencialidade do ser humano e incentiva os jovens a adotar responsabilidade pelo próprio destino. O patrocinador do "Meu Futuro" no Brasil é a empresa de logística Target Trade .

veja também