MENU

ANJ afirma que decisão do STF sobre o diploma de jornalista já era esperada

ANJ afirma que decisão do STF sobre o diploma de jornalista já era esperada

Atualizado: Quinta-feira, 18 Junho de 2009 as 12

O diretor do Comitê de Relações Governamentais da Associação Nacional de Jornais (ANJ), Paulo Tonet Camargo, afirmou hoje (17) que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubando a obrigatoriedade do diploma para o exercício da profissão de jornalismo já era esperada pela entidade.

Camargo disse que não se trata de uma discussão sobre a importância dos cursos de jornalismo para a formação de jornalistas. Segundo ele, o curso superior de jornalismo não é indispensável para a formação de profissionais do setor. "A ANJ (Associação Nacional de Jornais) vê a decisão com o entendimento de que os cursos não são pressupostos para o exercício do jornalista.", disse.

Por oito votos a um, os ministros acolheram o recurso ajuizado pelo Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão no Estado de São Paulo (Sertesp) e pelo Ministério Público Federal (MPF) contra uma decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região que tinha decidido pela necessidade do diploma.

veja também