Bolsista de pós-graduação poderá ter atividade remunerada

Bolsista de pós-graduação poderá ter atividade remunerada

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:19

Uma portaria conjunta do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, e da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), do Ministério da Educação, autoriza alunos de pós-graduação a acumularem bolsa de estudo com atividade remunerada, o que era vedado. A medida, segundo o CNPq, atende antiga reivindicação dos bolsistas.

De acordo com o CNPq, o orientador precisa conceder autorização ao bolsista. A direção do curso de pós-graduação também deverá ser informada sobre o acúmulo.

A portaria prevê que a atividade remunerada deverá ter relação com a área de estudo do bolsista. O acúmulo pode ocorrer principalmente quando o estudante trabalhar como professor. É vedada, porém, para quem receber bolsas de agências públicas de fomento.

No caso de irregularidades, o bolsista é obrigado a devolver a Capes ou ao CNPq valores recebidos indevidamente. A portaria publicadana última sexta-feira (16), no Diário Oficial da União já está em vigor.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições