MENU

Brincando de Biblioteca atenderá mil estudantes no DF

Brincando de Biblioteca atenderá mil estudantes no DF

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 2:11

O projeto Brincando de Biblioteca com Programa Literário iniciou um novo ciclo de oficinas literárias que irá até o final de novembro. Nesta nova rodada, 20 escolas públicas do DF serão atendidas, totalizando cerca de mil estudantes, de sete regionais de ensino, em sua maioria em Samambaia. Este é sexto ano do projeto, que é coordenado pela educadora voluntária Dinorá Couto Cançado e já atendeu 5 mil alunos.

Neste ciclo, as oficinas do Brincando de Biblioteca reúnem 72 livros, distribuídos em seis minisbibliotecas. Os alunos, divididos em grupos, precisam ler e discutir pelo menos uma obra de seu acervo e, ao final, apresentam um programa literário, que pode ser na liguagem de sua preferência: um show musical, uma peça de teatro ou uma perfomance.

As obras escolhidas para esta etapa têm como tema central questões relacionadas à convivência escolar e disseminação da cultura de paz. "O verdadeiro objetivo deste projeto é fazer com que os alunos façam um bom uso do horário do recreio, que utilizem a literatura como meio de entretenimento e parem um pouco com a correria e com as brincadeiras de mau gosto que podem machucar o colega. Queremos que esses alunos do projeto passem a ser multiplicadores da leitura na escola", explica Dinorá.

Brincando de Biblioteca conta com o apoio do Fundo da Arte e da Cultura (FAC) da Secretaria de Cultura do DF. Está inscrito no Eixo 2 (Fomento à Leitura e Formação) do Plano Nacional do Livro e Leitura  -- PNLL e já foi apresentado em outros países, como Peru e Portugal, e na 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, com oficina para crianças e pais no auditório do estande do Ministério da Cultura (MinC). Em 2009, o projeto ganhou do ministério um Ponto de Leitura, com 650 obras, computador, impressora, estantes e almofadas.

Professores e diretores de escolas que desejem receber o Brincando de Biblioteca podem pedir o agendamento pelo e-mail [email protected] ou pelo telefone (61) 9970-1366.

veja também