MENU

Canadá oferece oportunidades de estudo para estrangeiros

Canadá oferece oportunidades de estudo para estrangeiros

Atualizado: Quarta-feira, 13 Agosto de 2008 as 12

A partir do próximo dia 21 de agosto será publicado o cronograma de palestras que serão realizadas na 11ª edição da EduCanadá, Feira Oficial de Educação do Canadá que é promovida pelo CEC (Centro de Educação Canadense), órgão ligado ao governo daquele país. A feira tem por objetivo auxiliar os estudantes que queiram estudar no Canadá e neste ano será realizada em diversas cidades: São Paulo (13 e 14 de setembro), Porto Alegre (16 de setembro), Belo Horizonte (18 de Setembro) e Rio de Janeiro (19 de setembro). A entrada é franca e estarão presentes no evento as principais instituições de ensino canadense, agências de intercâmbio e de todo tipo de auxílio no processo de escolha de uma instituição canadense. Além das palestras, haverá no evento atividades culturais, orientação educacional e informações sobre vistos e passaportes.

E se você se interessou pela possibilidade de estudar no Canadá, saiba que o governo daquele país oferece alguns programas de bolsas para estudantes estrangeiros. Conforme explica Fernanda Purchio, diretora do CEC no Brasil, os custos dos programas de estudos variam de acordo com o nível acadêmico e a instituição. O estudante deve ter conhecimento da língua inglesa ou francesa a depender de qual idioma o curso é lecionado. Anualmente, são oferecidas bolsas financiadas pelo governo canadense e direcionadas a professores, pesquisadores e estudantes de pós-graduação. (Confira mais detalhes sobre cada um desses programas no menu ao lado).

De acordo com informações fornecidas pela Embaixada do Canadá, as inscrições estarão abertas a partir do final deste mês. Aos interessados em participar de algum dos programas, é preciso saber que o conteúdo das propostas apresentadas deve ser relacionado ao Canadá, e ao se inscrever no programa o candidato já deve ter algum tipo de contato com as universidades canadenses, de forma que saiba o que deve ser feito assim que se encontre no país.

Sobre o Canadá

Pessoas com curso superior e que já tem boa formação, muitas vezes até com mestrado e doutorado e buscam novas oportunidades. Esse é o perfil da maior parte daqueles que buscam visto permanente no Canadá segundo o assessor para assuntos de Educação e Diplomacia Pública da Embaixada do Canadá, Luiz Miguel da Rocha. O Consulado Geral do Canadá, setor de Vistos e Imigração, confirma estes dados com informações de que a maioria dos imigrantes vindos do Brasil é composta de trabalhadores qualificados, selecionados pela Província de Québec ou destinados a outras províncias canadenses.

Rocha classifica o Canadá como um país multicultural o que, de acordo com ele, faz com que o estrangeiro seja bem recebido. Se o interessado quer ir para estudar, o CEC assegura que apesar dos cursos no Canadá não serem gratuitos, apresentam uma das melhores relações custos/benefícios do mundo por serem acessíveis a estudantes estrangeiros e oferecerem programas de qualidade com preços competitivos, baixo custo de vida e passagens aéreas menos caras do que para outros destinos tradicionais em termos de intercâmbio. Fernanda cita que um dos lados positivos é a possibilidade de estudar em qualquer área oferecida no país, seja em escolas e universidades, públicas e privadas e que vão de acordo com os interesses individuais. Ela explica que quem cursa o Ensino Superior no Canadá pode permanecer por mais três anos no país sem precisar de nenhum visto especial.

A qualidade de vida, segurança, e qualidade de ensino, segundo a opinião de Fernanda, são os principais motivos para se optar pelo Canadá como destino. Se o frio, principalmente no norte do país, já foi empecilho na hora de escolher para onde ir, a diretora afirma que isso não ocorre mais. Ela garante que há dias em que as pessoas passam mais frio no Brasil do que lá, pois o país tornou-se adaptável às condições climáticas. ''Você não precisa andar na rua'', diz Fernanda, se referindo às vias subterrâneas que fazem parte da estrutura que o Canadá criou para driblar as baixas temperaturas.

Para obter mais informações sobre o país, acesse a página do Centro de Educação Canadense.

veja também