MENU

Concorrência no vestibular de inverno da Unesp sobe 30%

Concorrência no vestibular de inverno da Unesp sobe 30%

Atualizado: Quinta-feira, 27 Maio de 2010 as 9:33

A Unesp (Universidade Estadual Paulista) registrou 9.029 inscritos para disputar 550 vagas no vestibular de meio de ano. A concorrência média é de 16,4 candidatos por vaga. Em 2009, o mesmo processo teve 7.939 cadastros para 630 vagas, o que corresponde a 12,6 candidatos por vaga. A disputa este ano é 30% maior.

A redução da oferta de 80 vagas em relação ao vestibular de inverno de 2009 se deve à mudança da seleção do curso de administração (períodos diurno e noturno) de Tupã (SP), que passará a ser feita só no final do ano.

Confira a lista completa de inscritos por curso

O curso mais procurado este ano foi o de engenharia de produção, de Bauru (SP), com 1.263 candidatos e 31,6 por vaga. No ano passado essa relação ficou em 28,1.

O maior aumento percentual na relação candidato/vaga foi verificado no curso de geografia, em Ourinhos (SP), no período diurno, subindo de 5,5 para 11,5 ou de 248 para 519 candidatos, um acréscimo de 109%.

A carreira de administração, em Jaboticabal (SP), registrou o maior aumento de candidatos em relação ao ano passado, com elevação de 600 para 968 inscritos.

Das opções de biológicas, o mais procurado foi agronomia, em Ilha Solteira, com 569 inscritos ou 14,2 por vaga.

Seleção

Pela primeira vez, o processo do meio do ano da Unesp será aplicado em duas fases. A prova da primeira fase (conhecimentos gerais) está marcada para 13 de junho, nas cidades paulistas de Bauru, Campinas, Dracena, Guaratinguetá, Ilha Solteira, Jaboticabal, Ourinhos, Registro, São José do Rio Preto, São Paulo e Sorocaba.

A segunda fase está prevista para 4 e 5 de julho, nas mesmas cidades. A universidade vai usar a nota do Enem 2009 para composição da nota final dos candidatos aprovados para a segunda fase. O resultado final está previsto para 21 de julho.

Os cursos oferecidos neste vestibular são administração (Jaboticabal), agronomia (Ilha Solteira e Registro), geografia (Ourinhos), zootecnia (Dracena e Ilha Solteira), engenharia ambiental (Sorocaba), engenharia civil (Ilha Solteira), engenharia de controle e automação (Sorocaba), engenharia de produção (Bauru), engenharia elétrica (Ilha Solteira) e engenharia mecânica (Ilha Solteira).

veja também