MENU

Docentes param nesta quarta

Docentes param nesta quarta

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 3:53

Nesta quarta-feira (11) não haverá aulas nas escolas da rede estadual. O motivo é uma paralisação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), para marcar a Semana de Mobilização pela Educação. O movimento acontecerá em todo o País e tem como objetivo cobrar de parlamentares a aprovação, ainda em 2011, do Plano Nacional de Educação (PNE).

Na Assembleia Legislativa será realizada, às 15h30, uma audiência pública sobre o tema. Comissão de 40 representantes do Sintepe irá a Brasília participar de outra reunião pública que será realizada no Congresso Nacional. O sindicato entregará um documento com 60 emendas ao projeto de lei (PL). Entre elas, a consolidação das garantias profissionais, que, no texto original, beneficiam apenas os professores. O Sintepe quer que elas sejam estendidas a todos os servidores, incluindo os técnico-administrativos. Outra emenda sugerida pela categoria é a destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação até o ano de 2016. O PL prevê a aplicação de 7% do PIB em dez anos. Atualmente, 5,2% do PIB são investidos no setor.

"É um debate que envolve não só professores, mas também alunos e seus pais, abrangendo toda a comunidade escolar", explicou o presidente do Sintepe, Heleno Araújo.

PISO - Na tarde desta terça-feira (10), o Sintepe e a Secretaria de Administração do Estado farão a primeira reunião para discutir a pauta de reivindicações da categoria, entregue dia 8 de abril. Entre os pontos, está o pagamento do piso nacional dos professores, no valor de R$ 1,6 mil, para uma carga horária de 30 horas-aula. Segundo o Sintepe, o valor pago hoje é de R$ 791. Os professores ainda pedem que o vale alimentação passe de R$ 154 para R$ 345.

veja também