MENU

Educação infantil é tema de especialização em Brasília

Educação infantil é tema de especialização em Brasília

Atualizado: Quinta-feira, 14 Outubro de 2010 as 11:12

A Universidade de Brasília (UnB) começa nesta sexta-feira, 15 , um curso de especialização em educação infantil para 90 professores da rede pública do Distrito Federal, selecionados entre 700 concorrentes. A UnB faz parte de um grupo de 18 instituições federais de ensino superior que receberam recursos do MEC para ministrar o curso em 17 unidades da Federação.

A especialização em educação infantil aberta pela UnB é totalmente presencial, terá duração de um ano e meio – de outubro de 2010 a abril de 2012 – e carga horária de 420 horas. Da universidade, dez doutores em educação e um mestre vão trabalhar com os cursistas. O calendário de atividades acontece aos sábados, das 8h às 12h e das 14h às 18h, exceto nos feriados nacionais.

Aos 90 educadores do Distrito Federal, a coordenadora do curso da Universidade de Brasília, Maria de Fátima Guerra Sousa, recomenda que aproveitem a oportunidade. “Não é só uma oportunidade, é até um privilégio fazer um curso inteirinho custeado pelo MEC”, diz. Ph.D em educação infantil pela State University, de Ohio, Estados Unidos, Maria de Fátima fundou o núcleo de educação infantil na Faculdade de Educação da UnB em 1982.

Segundo Fátima, os conteúdos da especialização estão distribuídos em três eixos: história e políticas para a educação infantil no Brasil; cultura, cotidiano e ação docente na educação infantil; e pesquisa em educação infantil. Ao final do curso, os professores vão produzir uma monografia. Não será apenas um trabalho acadêmico, explica a coordenadora, mas um produto com foco na prática da sala de aula.

A aula inaugural será nesta sexta-feira, às 14h30, no Lake Side Brasília, com duas conferências proferidas pelas educadoras Lívia Maria Fraga Vieira, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gizele de Souza, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Maria Cristina Pereira de Carvalho, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e Anatália Dejane Silva de Oliveira, da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Curso – A especialização em educação infantil é dirigida a educadores das redes públicas no exercício da função. Será oferecida em 16 estados e no Distrito Federal por 18 instituições federais de ensino superior. Dessas instituições, as universidades federais de Santa Catarina (UFSC) e do Piauí (UFPI) já começaram os cursos, ambas com 240 professores cada. As universidades federais do Ceará (UFCE) e de Roraima (UFRR) fizeram a seleção dos professores, mas ainda não iniciaram as aulas. Juntas, as 18 universidades abrem 3.925 vagas para professores da educação infantil das redes públicas de cerca de 70 municípios.

veja também