MENU

Em depressão, estudante britânica é proibida de ir à formatura

Em depressão, estudante britânica é proibida de ir à formatura

Atualizado: Terça-feira, 5 Julho de 2011 as 1:15

Uma adolescente foi proibida de participar de sua festa de formatura após ficar muito tempo com depressão na cidade de Manchester, no noroeste da Inglaterra. O rendimento de Hayley Etheridge, 16 anos, caiu após seu padrasto ser diagnosticado com um câncer agressivo. Apesar das boas notas no colegial, ela não tinha permissão de participar da festa de por causa de sua fraca presença.

Mesmo que sua condição tenha sido comprovada por um médico em diversas ocasiões, Hayley afirma que a direção se recusou a levar isso em conta e ainda negou sua participação no evento. De acordo com a aluna, sua exclusão da formatura deixou um sentimento triste e de vergonha.

Segundo a mãe da estudante, Karen Sumner, 45 anos, a ausência da filha foi documentada como "não autorizado", porque o diretor se recusou a aceitar que ela poderia estar abalada pelo câncer do padrasto. "Antes deste ano letivo a sua presença foi excelente. E, apesar de seu ano horrível, ela já atingiu ótimas notas nos exames". Nos meses que antecederam o diagnóstico, Hayley testemunhou seu padrasto sentindo muita dor. "Isso a afetou profundamente", diz Karen.

De acordo com informações do jornal Dailymail , em maio, o diretor escreveu uma carta descrevendo por que estava barrando Hayley das festividades: "Só os alunos que cooperam com os seus professores, cujo rendimento é bom, vão ser convidados para o baile da escola", diz o texto.

"Antes da Páscoa, Hayley falou comigo no corredor e me perguntou se ela estaria autorizada a participar do baile. Lembrei que a frequência tinha que ser boa e como sua presença não era boa, ela não poderia comparecer", diz o diretor.

"Hayley estava doente. E a escola sabia disso. Isso é tão cruel com uma garota que já sofreu muito ao longo dos últimos anos", questiona a mãe da adolescente. Apesar de sentir decepcionada com sua escola, Hayley está ansiosa em continuar sua educação com planos de começar a faculdade em setembro.

"Estou realmente ansiosa para um novo começo". "Estou feliz por meu padrasto estar ficando melhor. Estou triste eu não consegui ir para a minha formatura, especialmente porque eu sou uma boa aluna, mas estou muito feliz por ainda ter a minha família. Essa é a coisa mais importante."          

veja também