Enem será nos dias 5 e 6 de dezembro

Enem será nos dias 5 e 6 de dezembro

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:20

O Ministério da Educação (MEC) já confirmou a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão nos dias 5 e 6 de dezembro. A data foi fechada após reunião com o ministro da Justiça, Tarso Genro.

A realização do exame deverá ficar a cargo do Cespe e da Cesgranrio, segundo informou ontem, dia 5, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes. O MEC rompeu o contrato com o Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connasel), que era responsável pela realização do Enem.

Na última quinta-feira (1º) o exame foi adiado depois de denúncia do jornal O Estado de S. Paulo de que a prova tinha vazado.

Nos anos anteriores, Cespe e Cesgranrio tinham vencido as licitações para aplicar o Enem, mas em 2009 não se candidataram para participar da disputa. Agora, o contrato deverá ser feito em caráter emergencial, sem necessidade de processo licitatório.

Foto: Agência Brasil - Brasília - Os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Justiça, Tarso Genro, durante reunião para tratar das questões ligadas à logística e segurança na elaboração e aplicação das provas do Enem Foto: Valter Campanato/ABr

Postado por: Adriana Amorim

O Ministério da Educação (MEC) já confirmou a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão nos dias 5 e 6 de dezembro. A data foi fechada após reunião com o ministro da Justiça, Tarso Genro.

A realização do exame deverá ficar a cargo do Cespe e da Cesgranrio, segundo informou ontem, dia 5, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes. O MEC rompeu o contrato com o Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connasel), que era responsável pela realização do Enem.

Na última quinta-feira (1º) o exame foi adiado depois de denúncia do jornal O Estado de S. Paulo de que a prova tinha vazado.

Nos anos anteriores, Cespe e Cesgranrio tinham vencido as licitações para aplicar o Enem, mas em 2009 não se candidataram para participar da disputa. Agora, o contrato deverá ser feito em caráter emergencial, sem necessidade de processo licitatório.

Foto: Agência Brasil - Brasília - Os ministros da Educação, Fernando Haddad, e da Justiça, Tarso Genro, durante reunião para tratar das questões ligadas à logística e segurança na elaboração e aplicação das provas do Enem Foto: Valter Campanato/ABr

Postado por: Adriana Amorim

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições