MENU

Enem será obrigatório para o vestibular da Unicamp a partir de 2011

Enem será obrigatório para o vestibular da Unicamp a partir de 2011

Atualizado: Sexta-feira, 4 Dezembro de 2009 as 12

A partir do próximo ano, o vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) será diferente: a primeira fase terá 48 questões de múltipla escolha, ao invés das atuais 12 dissertativas, e três redações; já a segunda fase terá menos dias e mais questões. Além disso, o Enem, que vale até 20% da nota da primeira fase, passará a ser obrigatório para todos os candidatos.

O objetivo das modificações, segundo Renato Pedrosa, presidente da comissão de vestibulares, é aprimorar a qualidade seletiva principalmente na primeira fase.

''Já tínhamos interdisciplinariedade e leitura na prova. Mas estávamos no limite para fazer a melhor seleção do candidato que a Unicamp procura. O novo modelo traz o nível da segunda fase para a primeira''.

Primeira fase

No próximo ano, o candidato encontrará uma prova mais interdisciplinar e com mais conteúdos do ensino médio, inclusive filosofia e sociologia.

A primeira fase continuará a ser aplicada em um dia e passa de quatro, para cinco horas de duração. As 48 questões de múltipla escolha terão quatro alternativas.

Os testes serão divididos em 12 de matemática, 18 de língua portuguesa, história, geografia, arte, filosofia e sociologia, além de 18 de biologia, física e química.

Na prova de redação, terá que produzir três textos de gêneros distintos, à escolha do candidato, e sem limite mínimo ou máximo de linhas. Para cada texto, a comissão entregará pelo menos um texto-fonte, para ser usado na proposta de redação, e não mais uma coletânea como é atualmente.

Segundo a Unicamp, a maior quantidade de textos deve aumentar a precisão dos resultados da primeira fase.

Segunda fase

Essa etapa será mais enxuta, serão três ao invés dos atuais quatro dias de provas. O tempo será o mesmo (quatro horas por dia). Já o número de questões dissertativas em cada uma das provas dobra - passa de 12 para 24.

A primeira será de língua portuguesa e literatura, distribuídas em 12 questões de matemática e outras 12 de linguagem.

A segunda terá 18 questões de ciências humanas, artes e humanidades, sendo oito de história, oito de geografia e seis de arte, filosofia e sociologia, além de outras seis de língua inglesa.

A terceira terá 24 questões, divididas igualmente entre química, física e biologia.

Por: Ingrid Tavares

veja também