MENU

Escola que sofreu atentado e Realengo está sendo reformada

Escola que sofreu atentado e Realengo está sendo reformada

Atualizado: Sexta-feira, 29 Julho de 2011 as 3:39

Escola Tasso da Silveira vai ganhar prédio anexo

de quatro andares (Foto: Tássia Thum/G1)

  A Escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio - palco da tragédia na qual 12 jovens foram assassinados por um ex-aluno – passa por uma reformulação total. Até dezembro, a escola terá não só uma fachada nova, mas vai ganhar um prédio anexo de quatro andares com sala de informática, biblioteca, laboratório de ciências, auditório com capacidade para cem pessoas, além de uma sala multiuso para aulas de dança e karatê.

As obras estão sendo executadas pela Riourbe e têm como objetivo transformar a Tasso da Silveira numa escola padrão. Atualmente, mil alunos do 4º ao 9º ano estudam na unidade nos turnos da manhã e da tarde e mais 250 alunos no turno da noite.

O acesso do prédio principal para o anexo será feito através de passarelas cobertas que terão ligação com todos os andares, além de uma ampla escada e elevador para acesso de portadores de deficiência através de um grande pilotis no pavimento térreo. Com isso, alunos, professores e funcionários terão mais comodidade e o acesso aos espaços da escola será feito sem atrapalhar o trabalho nas salas de aula.

Ar-condicionado e forro acústico

O prédio principal também vai ser reformado. As 15 salas de aula serão equipadas com novos quadros escolares, murais, armários, instalações para computadores e projetores. As salas também serão climatizadas com ar-condicionado e receberão forro acústico. Para redução da incidência dos raios solares no interior dos ambientes, serão instalados brises nas fachadas.

No térreo do prédio, a Unidade de Alimentação e Nutrição e a administração serão ampliadas. Já os banheiros vão passar por reforma geral.

A fachada principal vai ganhar destaque com um trabalho em mosaico feito pelos próprios alunos. O projeto da reforma conta ainda com a mudança do acesso principal para a Rua Jornalista Marques Lisboa, incorporando parte da praça ao terreno da escola.

O entorno da escola também vai passar por obras de urbanização com instalação de equipamentos esportivos e de lazer, com área para jogos e mesas para leitura ao ar livre. A quadra coberta será reformada, com execução de novo piso e serão construídos vestiários.          

veja também