MENU

Escolas de Sumaré inova e troca sinal tradicional por música

Escolas de Sumaré inova e troca sinal tradicional por música

Atualizado: Terça-feira, 14 Julho de 2009 as 12

A Escola Estadual Professora Elyzabeth de Mello Rodrigues, em Sumaré (SP), resolveu fazer algo diferente para avisar os alunos que é hora do intervalo. O tradicional sinal sonoro deu lugar a músicas escolhidas pelos próprios estudantes. Caixas de som espalhadas pela escola transmitem as canções três vezes ao dia: na hora da entrada, no intervalo e na saída das turmas.

A ideia dessa mudança veio da direção da escola em parceria com a APM (Associação de Pais e Mestres) há cerca de um ano. Segundo a diretora da escola, Aparecida Antonia Bertazi Deloto, o objetivo é levar o mundo dos jovens para a escola. "Pensamos em aproveitar esse espaço para inserir algo que tenha a ver com a realidade do aluno ou temas que são trabalhados em sala de aula", explica a diretora. No caso das trilhas temáticas, estão sons tocados nas festas juninas, por exemplo. Quando uma turma está aprendendo sobre folclore, os professores estimulam os alunos a fazer pesquisas sobre o tema para depois transmitir a nova seleção musical aos colegas e funcionários.

Cerca de 740 alunos, de 1ª a 4ª séries, participam da iniciativa. O sucesso do projeto chegou à Câmara Municipal de Sumaré que aprovou um projeto de lei para também implantar a novidade nas escolas municipais.

"O universo do jovem é muito peculiar e cabe às escolas encontrar maneiras de penetrar nesse espaço. A iniciativa desta unidade em Sumaré é um bom exemplo de como isso pode ser feito", afirma o secretário estadual de Educação, Paulo Renato Souza.

veja também