MENU

Escolas particulares de Minas lideram ranking do Ideb

Escolas particulares de Minas lideram ranking do Ideb

Atualizado: Segunda-feira, 5 Julho de 2010 as 10:38

Os colégios particulares de Minas Gerais são líderes em qualidade de ensino no país, segundo dados do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) divulgados nesta segunda-feira (5). A rede de ensino obteve ótimas notas tanto no nível fundamental (do 1º ao 9º ano) quanto no médio (antigo colegial).

Liberadas pelo MEC (Ministério da Educação), as informações mostram que as escolas mineiras obtiveram nota 6,1 (em uma escala de 0 a 10) para o ensino médio, um aumento de 0,3 pontos (7%) com relação a 2007. A rede de ensino está empatada no Ideb com Paraná e Santa Catarina, mas os alunos destes Estados tiveram nota pior em português na Prova Brasil. Na média da prova - um dos fatores que compõem o Ideb, junto com a aprovação e repetência dos estudantes - Minas Gerais se saiu melhor que os dois Estados.

O Ideb das escolas particulares mineiras é mais do que o dobro do último colocado, o Piauí, cuja rede estadual obteve nota 2,7. Na comparação com a pior rede particular de ensino, no Rio Grande do Norte (pontuação de 4,4), Minas Gerais teve um desempenho 38% maior. Os piores Ideb no ensino médio ficaram com as escolas estaduais do Piauí (2,7), Rio Grande do Norte (2,8) e Alagoas (2,8).

Na última avaliação do Ideb, em 2007, a rede privada de Minas estava em quarto lugar no ranking do ensino médio, com nota 5,7. Paraná, Espírito Santo e São Paulo apareciam na frente, respectivamente, com pontuação de 6,1, 5,9 e 5,8.

Ensino fundamental

A rede particular de Minas também ficou em primeiro lugar entre o 6º e o 9º ano do ensino fundamental, com 6,7 pontos, evolução de quase 5% com relação à ultima medição do Ideb, em 2007. As escolas mineiras perdem para as paulistas, se a avaliação for do 1º ao 5º ano do fundamental. A rede particular de São Paulo obteve nota 7,2 - um décimo a mais que a de Minas.

Na soma do Ideb das escolas particulares e públicas por Estado, Minas perde a liderança para o Distrito Federal nos primeiros anos do fundamental (ambos com notas 5,6); para Santa Catarina, São Paulo, DF e Paraná, nos últimos anos do fundamental (notas entre 4,5 e 4,3); e, no ensino fundamental, perde para Santa Catarina, Paraná e São Paulo (Ideb entre 4,2 e 3,9).

Foram avaliadas as redes de ensino dos 26 Estados e do Distrito Federal, o que inclui cerca de 45 mil escolas nos anos iniciais e 33 mil nos anos finais do ensino fundamental, respectivamente, além de 1.644 colégios de ensino médio.

Por Rafael Sampaio

veja também