MENU

Escolas particulares do Rio querem adiamento do Enem

Escolas particulares do Rio querem adiamento do Enem

Atualizado: Quarta-feira, 19 Agosto de 2009 as 12

Após a prorrogação das férias, escolas particulares do Rio de Janeiro querem que as provas do vestibular e do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, sejam adiadas. Os exames que dão acesso a universidades estão marcados para os dias 3 e 4 de outubro. Mas depois do recesso escolar por causa da nova gripe, estudantes se sentem prejudicados.

A Secretaria estadual de Saúde confirmou nesta terça-feira, 18 de agosto, mais quatro óbitos causados pela nova gripe.

Alguns estudantes perderam mais de uma semana de aula, depois da prorrogação das férias escolares.

Vinte e dois colégios particulares do Rio fizeram uma carta aberta à população afirmando que "os alunos que vão fazer o vestibular e o Enem tiveram prejuízos pedagógicos por causa da paralisação".

Ministério diz que data não pode ser adiada O sindicato dos estabelecimentos de ensino particulares pediu o adiamento do Enem. Mas o Ministério da Educação afirmou que não pode alterar a data do exame, porque não teria tempo suficiente para corrigir os nove milhões de provas até o fim do período de matrículas nas universidades.

O presidente do sindicato, Edgar Flexa Ribeiro, disse que não vai desistir.

Para os estudantes da rede pública que vão fazer o Enem, a Secretaria estadual de Educação informou que está transmitindo aulas de reforço, via satélite para 500 escolas. Cinquenta mil alunos podem assistir as lições fora do turno escolar, de segunda a sexta, até dois de outubro.

veja também