MENU

Falta de qualidade na educação preocupa mulheres das Américas

Falta de qualidade na educação preocupa mulheres das Américas

Atualizado: Quarta-feira, 29 Outubro de 2008 as 12

A falta da qualidade na área de educação na maior parte dos países americanos é o principal assunto em debate no 2° Fórum Mundial das Mulheres das Américas. A informação é de Margarida Chaulet, presidente da União Feminina das Américas, entidade promotora do encontro que encerrou-se no dia 28 de outubro, em Brasília.

Em entrevista à Rádio Nacional, disse que a educação é a base para o avanço de uma nação e que os profissionais desse setor carecem de tecnologias de ponta e maiores investimentos para uma melhoria nos serviços.

Para ela uma das soluções seria a construção de centros de ciência e tecnologia de inteligência e capacitação, mas isso só poderá acontecer se houver ajuda de autoridades. "Os brasileiros estão conscientes da necessidade de uma tecnologia avançada para nossos profissionais. Os nossos cientistas da área de ensino não podem ficar ilhados, eles precisam saber o que acontece nos países importantes que desenvolvem educação de ponta", afirmou

Chaulet destacou a participação de educadores de todo o país e das 39 embaixatrizes africanas no Fórum aberto ontem (27). "Isso é uma coisa maravilhosa. Os países procurando unir-se a nós no sentido de buscar a informação, a integração, o intercâmbio", comentou.

No dia 27 de outubro, durante a abertura do encontro, a Ministra da República de Cabo Verde, Sara Lopes, apontou a educação e a saúde como áreas estratégicas para inclusão da mulher nos cenário nacionais. “A educação e a saúde são patamares que podem fazer com a que mulher participe efetivamente do processo de desenvolvimento de um país. O importante não é mais se falar da promoção da mulher e sim da equidade dela com o homem”, avaliou.

Além da educação, a pauta em discussão pelas representantes femininas inclui os temas equidade de gênero, mulheres nas políticas públicas, violência contra a mulher, saúde e direitos humanos.

A próxima edição do Fórum  será realizada no estado do Amazonas em abril de 2009.

veja também