MENU

Faltam professores no curso de direito noturno da Federal da Bahia

Faltam professores no curso de direito noturno da Federal da Bahia

Atualizado: Sexta-feira, 17 Setembro de 2010 as 11:01

Os alunos do curso de direito no período noturno da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estão sem nove professores desde o início do ano letivo, no mês de agosto. Segundo o diretor da faculdade, Celso Luiz Braga de Castro, pelo menos cinco docentes devem nomeados até esta sexta-feira (17) e o restante do quadro deve ser suprido nos próximos 15 dias.

Celso Luiz Braga de Castro disse que devido ao período eleitoral não possível contratar professores temporários para suprir o déficit. "Dobramos o número de vagas do curso de direito (saltou de 200 para 400) nos últimos dois anos e sabíamos das dificuldades", disse.

Para o diretor, não há como negar que a falta de professores traz prejuízos aos estudantes. "Claro que há uma inquietação e um incômodo, mas vamos repor as aulas e no último caso, aproveitar o período das férias para evitar um prejuízo maior", afirmou o diretor.

O curso de direito no período noturno da UFBA funciona há um ano e meio e foi criado junto ao um projeto de expansão geral feito por meio do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), do Ministério da Educação. 

A assessoria de imprensa da UFBA informou que a universidade aumentou o número de vagas de 3.800 para 8.000, por meio do Reuni, nos últimos dois anos, e que o problema criado no curso de direito é resultado de um "descompasso" da expansão.

veja também