MENU

Federal de São Carlos suspende aulas de turma de medicina

Federal de São Carlos suspende aulas de turma de medicina

Atualizado: Sexta-feira, 7 Maio de 2010 as 7:50

A UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) decidiu suspender as atividades da turma do quinto ano de medicina – a primeira na instituição –, por problemas no convênio com a Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, onde as aulas ocorreriam. Os alunos ainda estudam se é possível entrar com alguma medida judicial para que a rotina seja retomada.

Na última sexta-feira (30), a turma foi informada de que ficaria sem as atividades práticas no hospital por tempo indeterminado, como relata Marina Alexandre Pereira, uma das estudantes da turma do quinto ano. Segundo ela, essas aulas começam com atraso de um mês - o que deveria ter acontecido em 8 de fevereiro ficou para 8 de março.

''Já estamos quase nos conformando com o atraso da formatura, que deveria acontecer no final de 2011''.

Por meio de nota, a universidade diz que ''a expectativa, assim, é que as atividades sejam retomadas nos próximos dias''. A UFSCar diz que estabeleceu condições e termos de cooperação com o hospital com antecedência, mas antes do início das aulas houve atraso na formalização dos termos e no repasse de recursos para os profissionais que ministrariam as atividades.

Pedro Galetti, vice-reitor da instituição, diz que ''a coordenação do curso de medicina e a administração superior da universidade vêm tomando todas as medidas necessárias para evitar prejuizos aos estudantes, garantindo a reposição das atividades montaneamente suspensas''.

De acordo com ele, o problema faz parte das dificuldades de implantação de um curso novo, além dos obstáculos da integração com instituições do município de São Carlos. Segundo o modelo de curso adotado, os alunos devem ter contato com os hospitais do primeiro ao sexto ano de graduação.

A estudante Marina afirma que medicina não é único curso novo na universidade, mas é o único a causar transtornos para os alunos.

veja também