MENU

Foco nas soluções para melhorar resultados

Foco nas soluções para melhorar resultados

Atualizado: Domingo, 17 Julho de 2011 as 11:17

Os resultados dos exames nacionais do 9º ano, nomeadamente de Língua Portuguesa e Matemática, ficaram muito aquém do desejável. Aliás, foram considerados os piores dos últimos anos. Se continuarmos assim, que profissionais vamos ter amanhã no mercado de trabalho? 

Somos responsáveis por estes resultados

As últimas notícias sobre esta matéria dão-nos conta que os pais estão preocupados com estes resultados e que a Confederação Nacional Independente de Pais e Encarregados de Educação pede medidas urgentes por parte do Ministério da Educação. Por sua vez, o Ministro da Educação, Nuno Crato admitiu em conferência de imprensa que " as deficiências consistentemente verificadas mostram o muito trabalho que é necessário realizar para o progresso   " naquelas disciplinas, cujo ensino será reforçado nos 2.º e 3.º ciclos.

De facto, talvez este seja o momento certo para repensar as políticas educativas que têm sido adotadas e encontrar soluções que visem melhorar efetivamente a educação em Portugal, com vista a obtermos resultados mais positivos no futuro.

Agora, é preciso não esquecer que esses resultados só serão alcançados se todos os agentes do sistema educativo, e até mesmo da sociedade civil, se empenharem nessa causa.  

Precisamos de "elevar a fasquia"

Recordo-me várias vezes da lição de um professor que tive no 9º ano sobre o "elevar a fasquia" quando nos queixávamos, enquanto estudantes, dos inúmeros trabalhos que ele nos exigia. Esse professor esticava o braço e dizia qualquer coisa como isto: "pois, mas se eu vos peço até aqui (e apontava para o cotovelo), vocês fazem até aqui (e apontava para o meio do ante-braço), se eu vos pedir mais (e apontava para o ombro), acabam por chegar onde eu quero".

Precisamos de "elevar a fasquia" na educação, ela está muito baixa. Se não o fizermos, os resultados serão cada vez mais medíocres na escola e, consequentemente, no mundo laboral.

Um país de alto rendimento constrói-se com organizações de alto rendimento e, por conseguinte, com pessoas de alto rendimento. 

Encontrar soluções para obter melhores resultados

Porque um problema deve ser transformado num desafio e um desafio deve ser o ponto de partida para encontro de soluções, os resultados dos exames nacionais que acabamos de conhecer devem servir de alavanca à adopção de uma nova atitude, de uma nova forma de estar e fazer.      

veja também