MENU

Funcionários e alunos bloqueiam reitoria da USP

Funcionários e alunos bloqueiam reitoria da USP

Atualizado: Terça-feira, 25 Maio de 2010 as 7:42

Funcionários e alunos da USP (Universidade de São Paulo) decidiram fechar o prédio da reitoria nesta terça-feira (25) a partir das 6h30 como protesto pela falta de acordo em relação ao reajuste dos servidores da universidade. Está marcada uma assembléia para esta manhã, na qual os manifestantes esperam votar pelo fechamento do prédio até que haja negociação e atendimento das principais reivindicações dos trabalhadores.

Na semana passada, integrantes do Cruesp (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas) e do Fórum das Seis (entidade que reúne sindicatos de professores e funcionários das faculdades) se reuniram para discutir a negociação salarial, mas não chegaram a um acordo. O fórum havia proposto estender aos trabalhadores da USP o aumento de 6% no salário dado em fevereiro para os professores, além de um reajuste maior do que o concedido pelos reitores em 10 de maio, de 6,57%. O Cruesp não concordou e manteve o aumento oferecido na última reunião.

Em nota divulgada à imprensa, o Sintusp (sindicato) afirmou que o ato ''se dará pela manutenção da isonomia salarial entre funcionários e professores das três universidades estaduais paulistas e pela abertura imediata de negociação'', e que os funcionários vão manter as exigências.

- Comunicamos que nem o reitor ou qualquer dirigente da universidade entrará nas dependências do prédio da reitoria.

Está marcado para quarta-feira (26) um ato unificado na sede da Unicamp (Universidade de Campinas), que deve agregar funcionários e estudantes da Unesp (Universidade Estadual Paulista), além do pessoal da USP. Uma caravana de 12 ônibus vai sair da USP às 12 h.

veja também