MENU

Governo japonês oferece bolsas em cursos de graduação para Brasileiros

Governo japonês oferece bolsas em cursos de graduação para Brasileiros

Atualizado: Terça-feira, 3 Junho de 2008 as 12

Estão abertas as inscrições para o programa de bolsas de estudo para estrangeiros no Japão, Monbukagakusho, promovido pelo Ministério da Educação, Cultura, Esporte, Ciência e Tecnologia daquele país. Até o dia 4 de julho, candidatos podem se inscrever para uma das três modalidades com prazo de inscrições abertas, são elas: graduação, escolas técnicas ou cursos profissionalizantes. Podem participar dos programas brasileiros residentes em todas as regiões do Brasil. Confira, abaixo, detalhes sobre cada uma das modalidades.

Graduação

O programa é destinado a brasileiros interessados em cursar uma graduação em universidades japonesas. Para participar é preciso ter concluído o Ensino Médio, ter entre 17 e 21 anos, domínio da língua inglesa ou japonesa e disposição para aprender o idioma japonês e assistir aulas em japonês. O programa tem duração de cinco anos. A bolsa de estudos inclui curso preparatório de língua japonesa e outras disciplinas, durante o primeiro ano. Além disso, o candidato recebe 134.000 ienes mensais (valor sujeito a pequena variação) nos primeiros dois anos da bolsa, passagem aérea de ida e volta, isenção de taxas escolares. A partir do 3º ano da bolsa, o candidato receberá 126.000 ienes (sujeito a pequena variação). Há oportunidades nas seguintes áreas de estudos:

Ciências Humanas:

Administração de Empresas, Artes e Design, Ciências Contábeis, Ciências Políticas, Ciências Sociais, Comércio Exterior, Comunicação, Direito, Economia, Educação, Filosofia, Geografia, História, Letras (Japonês), Marketing, Relações Internacionais e Sociologia.

Ciências Exatas e Biomédicas:

1- Ciências Naturais (A): Aeronáutica, Arquitetura, Biotecnologia, Ciências da Computação, Construção Naval, Design Industrial, Engenharia Aeroespacial, Engenharia Agrícola, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia da Comunicação, Engenharia de Controle, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia Industrial, Engenharia da Informação, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia Metalúrgica, Engenharia de Minas, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Física, Geociências, Geologia, Informática, Marinha Mercante, Matemática e Química.

2- Ciências Naturais (B): Agronomia, Biologia, Ciências da Alimentação, Ecologia e Meio Ambiente, Educação Ambiental, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Piscicultura, Química Agrícola, Zoologia, Veterinária.

3 - Ciências Naturais (C): Medicina e Odontologia.

Os candidatos podem escolher até três cursos. Não é possível misturar as áreas de Ciências Humanas e Ciências Naturais, ou Ciências Naturais A e B, A e C. Aqueles que optarem pelas Ciências Naturais (C) poderão escolher um curso de Ciências Naturais (B) como terceira opção. Os exames de matérias específicas (Matemática, Física, Química e Biologia) podem ser feitos em inglês ou japonês. É necessário manter uma média considerável em todas as provas. Cada prova vale 100 pontos. Não será permitido o uso de dicionário e calculadoras.

Para mais informações sobre bolsas de graduação acesse a página do Consulado Geral do Japão em São Paulo.

veja também