MENU

Governo julgou 'positivo' resultado do Enem, diz líder na Câmara

Governo julgou 'positivo' resultado do Enem, diz líder na Câmara

Atualizado: Segunda-feira, 12 Setembro de 2011 as 4:23

O líder do governo na Câmara Cândido Vaccarezza (PT-SP) afirmou nesta segunda-feira (12), após reunião com a presidente Dilma Rousseff, que o governo considerou “positivo” o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).   Ele destacou que a nota média do Enem subiu dez pontos em relação ao ano anterior, o que significa, segundo afirmou, que o governo está cumprindo a meta de aumentar a média em 100 pontos em dez anos.

“O resultado apresentado pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, é muito positivo porque a meta do governo é de crescer 100 pontos em dez anos e nós alcançamos 10 pontos. Não tem como ficar insatisfeito”, disse.

A nota média nas provas objetivas passou de 501,58 pontos para 511,21 pontos em 2010. Segundo o deputado, o fato de não haver escolas estaduais e municipais entre as cem melhores no Enem e de somente 13 escolas públicas federais aparecerem no ranking não invalida o “sucesso” do exame.

“O fato de as escolas não terem alcançado a meta não tira o sucesso do exame. Houve uma diminuição da discrepância entre o ensino público e privado”, disse.

Nenhuma escola estadual ou municipal aparece entre as cem primeiras do Enem. As escolas públicas que se destacaram são colégios de aplicação de universidades, colégios militares, escolas federais e escolas técnicas.

Considerando as mil escolas com mais de 75% de participação que obtiveram melhor desempenho no exame, o Enem tem 926 privadas e 74 públicas.

O desempenho dos alunos melhorou em relação ao Enem anterior. A nota média geral das escolas subiu de 501,58 em 2009 para 511,21 em 2010 e a participação dos alunos que concluíram o ensino médio regular no ano anterior passou de 45,8% em 2009 para 56,4% em 2010.

A participação no Enem dos alunos que concluíram o ensino médio regular aumentou de 45,8% em 2009 para 56,4% em 2010.

veja também