MENU

Jovem hostilizada na Uniban presta depoimento em delegacia no ABC

Jovem hostilizada na Uniban presta depoimento em delegacia no ABC

Atualizado: Quinta-feira, 26 Novembro de 2009 as 12

A estudante Geisy Arruda, de 20 anos, presta depoimento na tarde desta quinta (26) na Delegacia de Polícia de Defesa da Mulher, em São Bernardo do Campo, no ABC, no inquérito que apura a humilhação sofrida por ela no campus da Uniban no dia 22 de outubro.

Ela chegou ao local acompanhada de dois de seus advogados por volta das 13h45 e começou a dar depoimento às 14h. Até as 16h, ela continuava sendo ouvida pela delegada Angela de Andrade Ferreira Ballarini.

O inquérito apura sete crimes: difamação, injúria, ameaça, constrangimento ilegal, cárcere privado (a garota ficou em uma sala até a PM chegar), incitação ao crime e ato obsceno dos alunos.

Colegas da estudante já prestaram depoimento na delegacia.

Caso

A confusão na universidade teve início após Geisy ir à aula com um vestido rosa curto. Vídeos foram colocados na internet, mostrando os alunos hostilizando e humilhando a garota. Ela só conseguiu deixar a universidade após a chegada da polícia, vestindo um jaleco comprido.

A universidade abriu uma sindicância interna para apurar o que ocorreu e acabou expulsando a jovem. Depois, voltou atrás e decidiu manter a aluna.

O caso repercutiu até na mídia internacional. Os jornais ''The Guardian'' e ''New York Times'' publicaram notas reproduzidas da agência Associated Press (AP) sobre o assunto. Nesta terça, a reportagem sobre o caso era a mais lida do site do ''El País''.

Ao G1, nesta semana, a jovem disse que desistiu de voltar a frequentar a Uniban por ''não ter mais clima'' para voltar ao campus. ''Farei uns seis vestibulares para decidir o melhor''.

veja também