MENU

Justiça determina que PUC-MG indenize estudante esfaqueada

Justiça determina que PUC-MG indenize estudante esfaqueada

Atualizado: Quarta-feira, 23 Junho de 2010 as 10:41

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve decisão que obriga a Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) a indenizar em R$ 100 mil uma estudante que foi atacada e esfaqueada por um estuprador durante uma festa organizada pelos alunos, em setembro de 2000. Cabe recurso.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais havia condenado a universidade a pagar a indenização à estudante em junho de 2008. A PUC-MG recorreu ao STJ, em Brasília, que manteve a decisão nesta terça-feira (22).

A estudante foi atacada dentro do banheiro. O agressor, mascarado, tentou estuprá-la. Ela reagiu e levou cinco facadas: uma no pescoço, uma no ombro, uma abaixo dos seios e duas nos braços.

A assessoria de imprensa da PUC-MG afirmou que a universidade ainda não foi notificada da decisão.

veja também