MENU

Matrículas em creches crescem 6% em um ano

Matrículas em creches crescem 6% em um ano

Atualizado: Quarta-feira, 23 Setembro de 2009 as 12

As matrículas em creche registraram um aumento de 6% entre 2008 e 2009, segundo os dados do censo escolar divulgados hoje pelo Ministério da Educação. As informações ainda são preliminares e podem ser corrigidas por estados e prefeituras, mas em comparação ao ano anterior o número de crianças que frequentavam essa etapa de ensino subiu de 1.751.736 para 1.860.872.

Entretanto, nas outras etapas da educação básica (pré-escola, ensino fundamental e médio), verificou-se queda no número de alunos. A maior redução foi na pré-escola (3%). As matrículas passaram de 4.967.525 para 4.809.620.

Na avaliação do ministro da Educação Fernando Haddad, essa queda é efeito do novo ensino fundamental de nove anos. Como agora o ingresso das crianças no ensino fundamental se dá aos seis e não mais aos sete anos, há uma migração de matrículas da pré-escola para a etapa seguinte.

Na educação de jovens e adultos, a redução foi ainda maior. O número de estudantes que frequentavam essa modalidade de ensino passou de 4.945.424 para 4577.517 (-7,4%).

O censo mostra ainda uma pequena queda no número de alunos no ensino fundamental de 32.086.700 para 31.490.955 (-1,8%). O ensino médio também registrou um decréscimo as matrículas entre 2008 e 2009, passando de 8.366.100 para 8.280.875 (1,1%).

Conforme explicou Haddad, essa redução não significa que menos crianças estão na escola, já que a taxa de atendimento educacional verificada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cresce a cada ano. Uma das explicações para essas reduções é demográfica: há uma queda no número de nascimentos no país.

Estados e prefeituras têm agora 30 dias para pedir correções nos dados do censo. É a partir do número de matrículas que calculam-se os valores a serem repassados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para as redes estaduais e municipais.

veja também