MENU

MEC dará bolsa de pós-graduação aos melhores do Enade

MEC dará bolsa de pós-graduação aos melhores do Enade

Atualizado: Quarta-feira, 28 Abril de 2010 as 12

O Ministério da Educação (MEC) vai conceder bolsas de estudo em cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) a estudantes concluintes de cursos de graduação com as melhores notas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) em 2007 e 2008. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 27.

O valor mensal das bolsas é de R$ 1.200 no mestrado e R$ 1.800 no doutorado. Segundo a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), esse tipo de bolsa é concedido desde 2000.

Os estudantes têm doze meses a partir da publicação da portaria para entrar nos cursos. O ingresso nas instituições poderá ser feito de acordo com critérios da Capes (ter sido aprovado em curso de pós-graduação, não ter vínculo empregatício, não acumular bolsa da Capes ou outras bolsas, entre outros).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e a Capes serão responsáveis pela implementação das bolsas.

Segundo a portaria, o Inep ficará responsável pela divulgação da lista de estudantes beneficiados.

As bolsas serão concedidas em cursos com nota igual ou superior a três na avaliação da Capes. O prazo para o estudante terminar o mestrado será de 24 meses e o prazo para terminar o doutorado será de 48 meses.

No total, 48 áreas foram avaliadas pelo Enade em 2007 e em 2008. Em 2007, os cursos foram agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, tecnologia em agroindústria, tecnologia em radiologia, terapia ocupacional e zootecnia.

Em 2008, os cursos foram arquitetura e urbanismo, biologia, ciências sociais, computação, engenharia, filosofia, física, geografia, história, letras, matemática, pedagogia e química, além dos cursos superiores de tecnologia em construção de edifícios, alimentos, automação industrial, gestão da produção industrial, manutenção industrial, processos químicos, fabricação mecânica, análise e desenvolvimento de sistemas, redes de computadores e saneamento ambiental.

veja também