MENU

MEC planeja criação de "Enem" para professores

MEC planeja criação de "Enem" para professores

Atualizado: Quarta-feira, 19 Maio de 2010 as 8:03

O Ministério da Educação (MEC) trabalha na criação de um concurso nacional para selecionar professores para a rede pública de ensino. O ministério pretende realizar a primeira prova do Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente em 2011. Na primeira edição, poderão participar educadores dos primeiros anos do ensino fundamental (1º ao 5º ano) e da educação infantil.

A seleção será parecida com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e também ficará sob responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). O professor fará a prova e poderá usar a nota para ingressar em qualquer uma das redes de ensino que aderirem ao programa.

As secretarias que decidirem aderir ao exame terão liberdade para usar a nota para a seleção em fase única ou como primeira fase do processo. A abertura dos concursos também poderá ser feita a qualquer momento dependendo da necessidade de cada rede de ensino. Como o Enem, a prova será anual.

Segundo a coordenadora-geral de instrumentos e medidas educacionais do Inep, Gabriela Moriconi, um documento com a concepção do exame e temas que farão parte do exame serão disponibilizados para consulta pública no site do Inep a partir desta quarta-feira (19).

De acordo com Gabriela, a prova terá vários temas, como metodologia de ensino, políticas educacionais, direito e conteúdos específicos. Para criar o programa, foram analisados países que buscam ter um padrão de professores. Esses países foram Austrália, Canadá, Cingapura, Chile, Cuba, Estados Unidos e Inglaterra.

''São países com sistemas de ensino e contextos diferenciados, mas todos entendem que o bom professor tem de ter domínio do conteúdo que vai lecionar e conhecer as metodologias de ensino'', disse Gabriela.

Professores, universidades, estados e municípios vão poder opinar sobre o modelo da prova durante  os 45 dias de consulta pública. ''Após esse período, equipes técnicas do Inep irão trabalhar para fechar a matriz do exame. Pretendemos ter um banco de questões para a prova até o fim do ano'', disse Gabriela.

De acordo com a coordenadora, secretarias estaduais e municipais do país mostraram interesse no projeto. ''Apresentamos ao Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), que se mostrou receptivo à ideia'', disse.

veja também