MENU

MEC pretende acelerar implantação do ensino fundamental de nove anos

MEC pretende acelerar implantação do ensino fundamental de nove anos

Atualizado: Sexta-feira, 16 Janeiro de 2009 as 12

O Ministério da Educação deve acelerar em 2009 o processo de migração das escolas estaduais e municipais para o novo ensino fundamental de nove anos. Pelo novo modelo, estabelecido em lei em 2005, a criança entra na escola aos 6 anos e não mais aos 7. Com isso, permanece nove anos no ensino fundamental, concluindo o 9° ano aos 14. Segundo o MEC, 52% dos alunos já estão matriculados no novo formato que deve ser implemantado pelas escolas até 2010. “Estamos preocupados com o ritmo de transição para o ensino fundamental. Já superamos 50% dessa migração, mas só faltam dois anos para que o período de transição estabelecido em lei termine”,  diz o ministro.

Durante a divulgação dos números do Censo Escolar, o ministro apresentou o dado de que 4,7% das crianças de 7 a 14 anos matriculadas na escola em 2007 não sabiam ler e escrever. Para ele, o problema ocorre porque as crianças estão sendo matriculadas tardiamente na escola e na série incorreta. Em 2007, segundo o MEC, 494 mil crianças com mais de 7 anos estavam matriculadas na educação infantil, quando pela idade deveriam estar no ensino fundamental. “Nós temos crianças chegando tarde na escola e muitas chegando na idade correta, mas matriculadas na etapa errada. Isso gera o analfabetismo nessa faixa etária em crianças que freqüentam a escola. A escola está alfabetizando depois dos 7 anos”, explicou.

Para o ministro, a implantação do ensino médio de nove anos em todas as escolas garantiria a alfabetização do aluno na idade correta. “Vamos conversar com os estados e os municípios e o MEC vai dar todo o apoio técnico e financeira para que a gente possa solucionar esse problema”, afirmou.

veja também