MENU

Ministro aceita Enem obrigatório para rede pública a partir de 2010

Ministro aceita Enem obrigatório para rede pública a partir de 2010

Atualizado: Quinta-feira, 14 Maio de 2009 as 12

O novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será universalizado a partir de 2010. Segundo a proposta, aceita pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, na manhã desta quinta-feira, 14 de maio, todos os estudantes da rede pública serão obrigados a fazer a nova prova, que pode servir também para certificar o curso.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira, 14 de maio, pela presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed), Maria Auxiliadora Seabra, ao ministro da Educação, Fernando Haddad.

Ao aceitar a proposta, o ministro pediu um estudo de logística para garantir o acesso dos estudantes aos locais de prova em todo o território nacional.

Segundo Haddad, o novo Enem não poderá ser aplicado durante o período de aula. "Mais do que a aferição do conhecimento do aluno, a prova pode representar o acesso dele à universidade, o que exige cuidados maiores com a segurança", afirmou.

De acordo com o Consed, o novo formato da prova permitirá a reestruturação do ensino médio. Com isso, o currículo dessa etapa do ensino passará a orientar os processos seletivos do ensino superior e não o contrário, como ocorre hoje.

veja também